A relação das habilidades sociais educativas e das práticas educativas maternas com os problemas de comportamento em adolescentes

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2011

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

This study correlated maternal social educative skills, negative maternal practices and social skills and behavior problems in male and female adolescents groups of risk and not risk for behavior problems. The maternal behavior was investigated by Parental Educative Social Skills Script Interview (RE-HSE-P) and by Parental Styles Inventory (IEP). The adolescent behavior had been evaluated through the RE-HSE-P and of the Child Behavior Checklist. 24 mothers and adolescents of the groups of risk and not risk had participated of the study. The results had pointed to positive correlations between the maternal social educative skills in the RE-HSE-P and maternal practices in the IEP. The comparisons between the groups of risk and not risk showed that the mother´s risk group had presented more often negative practices and it’s teenagers had showed less social skills and more behavior problems. Divergences between maternal practices applied to boys and girls were not found. Also it did not have differences about the social skills and the behavior problems in boys and girls.

Resumo (português)

Este estudo buscou correlacionar as habilidades sociais educativas e as práticas educativas maternas com as habilidades sociais e os problemas de comportamento dos adolescentes do sexo feminino e masculino, considerando os grupos de risco e os de não risco para problemas de comportamento. Para tanto, foram investigados os comportamentos maternos através do Roteiro de Habilidades Sociais Educativas Parentais (RE-HSE-P) e do Inventário de Estilo Parental (IEP). Os comportamentos dos adolescentes foram avaliados através do RE-HSE-P e do Child Behavior Checklist. Participaram do estudo 24 mães e seus filhos adolescentes dos grupos de risco e de não risco. Os resultados apontaram para correlações positivas entre as habilidades sociais educativas maternas no RE-HSE-P e as práticas educativas maternas no IEP. As comparações entre os grupos de risco e os de não risco mostraram que as mães dos adolescentes do grupo de risco apresentaram maior frequência de práticas negativas. Seus filhos mostraram menor frequência de habilidades sociais e maior frequência de problemas de comportamento. Não foram encontradas divergências entre as práticas maternas aplicadas aos adolescentes do sexo masculino e feminino. Também não houve diferenças quanto às habilidades sociais e aos problemas de comportamento em meninos e meninas.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Estudos e Pesquisas em Psicologia, v. 11, n. 2, p. 423-441, 2011.

Itens relacionados