Composto de lodo de esgoto, associado a frequência de irrigação e fertirrigação, para produção de mudas de Peltophorum dubium (sprengel) taubert

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-11-22

Orientador

Guerrini, Iraê Amaral

Coorientador

Pós-graduação

Ciência Florestal - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

O descarte inadequado do lodo de esgoto tem se tornado um problema ambiental. Em alguns estados brasileiros, como São Paulo, seu uso in natura ainda é proibido, portanto, uma alternativa bastante promissora é realizar sua compostagem com outros materiais e emprega-lo como substrato na produção de mudas florestais. O objetivo deste estudo foi avaliar se o composto de lodo de esgoto influenciaria nas variáveis morfológicas e nutricionais das mudas de Peltophorum dubium. Foram feitos dois compostos: lodo de esgoto compostado com bagaço-de-cana (LBC) e lodo de esgoto compostado com casca de eucalipto (LCE), ambos na proporção 1:1. Para controle, foi usado um substrato comercial. Foram realizados dois experimentos, utilizando os mesmos substratos e a mesma espécie vegetal. O primeiro experimento foi realizado em esquema Fatorial 3x3 inteiramente casualizado, testando três frequências de irrigação: duas, três e quatro vezes ao dia. O segundo experimento foi realizado em esquema Fatorial 4x3 inteiramente casualizado: quatro doses crescentes de fertirrigação: zero, dose padrão, dose duplicada e dose quadruplicada e três substratos. Para avaliar o desenvolvimento das mudas, avaliou-se: altura (H), diâmetro de colo (DC), relação H/D, massa seca aérea e radicular, Índice de cor verde, Índice de Qualidade de Dickson (IQD), perda de água por lixiviação, água retida no substrato, teor e acúmulo de nutrientes no tecido vegetal. As mudas produzidas em composto de lodo de esgoto com casca de eucalipto (LCE) submetidas às frequências de duas ou três vezes ao dia, recebendo a dose padrão de fertirrigação duas vezes por semana, apresentaram os melhores resultados para todas as variáveis.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados