Nutrient accumulation and biomass production of alfafa after soil amendment with silicates

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014-06-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Viçosa

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

Studies on the use of silicate correctives in agriculture show that they have great potential to improve soil chemical characteristics, however, little information is available on the reactivity rates of their particle-size fractions. This study investigated whether the reactivity rates obtained experimentally could be considered in the calculation of ECC (effective calcium carbonate) for soil liming, promoting adequate development of alfalfa plants. Six treatments were evaluated in the experiment, consisting of two slag types applied in two rates. The experimental ECC was used to calculate one of the rates and the ECC determined in the laboratory was used to calculate the other. Rates of limestone and wollastonite were based on the ECC determined in laboratory. The rates of each soil acidity corretive were calculated to increase the base saturation to 80%. The treatments were applied to a Rhodic Hapludox and an Alfisol Ferrudalfs. The methods for ECC determination established for lime can be applied to steel slag. The application of slag corrected soil acidity with consequent accumulation of Ca, P, and Si in alfalfa, favoring DM production.

Resumo (português)

Pesquisas sobre o uso agronômico de corretivos à base de silicatos têm apontado o grande potencial desses insumos, no sentido de promover melhorias químicas do solo. Há poucas informações, porém, sobre as taxas de reatividade de suas frações granulométricas. O objetivo deste estudo foi verificar se a eficiência relativa de reatividade das frações granulométricas, obtidas experimentalmente, poderiam ser consideradas no cálculo do PRNT para prática da calagem, proporcionando adequado desenvolvimento de plantas de alfafa. Utilizaram-se seis tratamentos, que consistiram em duas escórias, aplicadas em duas doses, uma utilizando-se do PRNT medido experimentalmente e, a outra, do PRNT determinado em laboratório; calcário dolomítico e wollastonita, aplicados em uma dose, utilizando-se o PRNT determinado em laboratório. As doses dos corretivos foram calculadas a fim de elevar a saturação por bases a 80 %, considerando o PRNT experimental e de laboratório. Os tratamentos foram aplicados a dois solos: Latossolo Vermelho distrófico e Nitossolo Vermelho eutrófico. Os métodos de determinação de PRNT preconizados para calcários podem ser aplicados para escórias de siderurgia. A aplicação das escórias proporcionou ação corretiva do solo, com consequente maior acúmulo de Ca, P, e Si nas plantas de alfafa, favorecendo sua produção de matéria seca.

Descrição

Idioma

Inglês

Como citar

Revista Ceres. Universidade Federal de Viçosa, v. 61, n. 3, p. 406-413, 2014.

Itens relacionados