Saúde na infância: programa educativo de saúde bucal

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2003

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Resumo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Quando a atenção odontológica está voltada para a criança, o profissional deve ser um educador, abordando não só o paciente, mas todo o seu núcleo familiar para promover efetiva conscientização afim de instalar hábitos dietéticos e de higiene saudáveis. Por meio de atividades lúdicas voltadas para a escola, este projeto tem como objetivo dar assistência odontológica educativa às crianças que freqüentam o CCI (Centro de Convivência Infantil), assim como avaliar por meio de questionários, o aprendizado das mesmas durante as sessões de motivação. Neste projeto são assistidas 63 crianças de 4 meses a 6 anos e 11 meses de idade, as quais semanalmente recebem instruções voltadas para a promoção e manutenção da saúde da cavidade bucal. São promovidas sessões de motivação semanais de aproximadamente 45 minutos, quando as crianças desenvolvem atividades lúdicas, brincam, se divertem e aprendem. As atividades desenvolvidas pelos profissionais incluem desenhos, teatros, colagens, recortes, músicas, escovação supervisionada, jogos entre outras, sempre acompanhadas de uma carta enviada aos pais, comunicando o assunto desenvolvido, para que estes possam reforçar o aprendizado no lar. Periodicamente o programa é avaliado empregando-se questionários dirigidos aos pais, os quais constam de questões referentes aos hábitos básicos de higiene, hábitos e saúde bucal. É realizado também exames clínicos periódicos com espátulas de madeira sob luz artificial para acompanhamento das condições da cavidade bucal. Após 12 meses de aplicação do programa, pôde-se observar aumento no interesse das crianças com relação a saúde bucal, pois os questionários mostraram melhora em todos os aspectos estudados. Os comentários com relação à saúde bucal realizados em casa aumentaram efetivamente, demonstrando maior aprendizado a mudanças de hábitos. Programas educativos devem ser desenvolvidos a longo prazo para promover verdadeira conscientização e educação.

Descrição

Palavras-chave

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados

Financiadores