Aspectos fisiológicos e produtividade de genótipos de mamona de porte baixo influenciados por densidades de plantas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014-04-10

Orientador

Zanotto, Maurício Dutra

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The use of short castor hybrid grown under high populations can increase productivity due to higher light interception and vegetative sink reduction. The aim of this study was to evaluate the effect of plant density of castor hybrids on physiological and productive aspects. The experiments were carried at the Experimental Farm Lageado, in Botucatu, SP, in out-of-season, in 2011 and 2012. The experimental design was a randomized block in factorial scheme 3 x 3 with three genotypes and three plant populations. The genotypes used were hybrids 1 and 2 and the IAC 2028 cultivar in 2011 and the hybrid 3 and 4 and IAC 2028 cultivar in 2012. The plant populations used were 20, 40 and 80 thousand plants per hectare. All plots were sown with spacing 0,45 m. The largest growth occurred in 2012 due to higher water availability. Due to this fact, the castor plant branched out more in 2012, with quaternary branches in hybrids, even in the larger population. The larger branching in 2012 increased shading and reduced primary and secondary leave lifespan. Regarding the productive aspects were observed reduction of number of racemes per plant and number of grains per raceme with the increase of plant population. IAC 2028 showed less racemes but had greater grain production per raceme under good water conditions. Yield was higher in larger populations in both years and IAC 2028 was higher than the Hybrid 2 in 2011. In 2012 there was no difference in yield between genotypes. In 2011 Hybrid 2 had the lowest oil content and there was no difference between the populations. In 2012 there was no difference in oil content between the genotypes and the plant population of 80 thousand plants was higher ...

Resumo (português)

A utilização de híbridos de mamona (Ricinus communis L.) de porte baixo cultivados sob altas densidades populacionais podem aumentar a produtividade em função da maior interceptação de luz e da redução dos drenos vegetativos. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da densidade de semeadura de híbridos de mamona sobre os aspectos fisiológicos e produtivos. Os experimentos foram conduzidos na Fazenda Experimental Lageado, em Botucatu, SP, em safrinha nos anos de 2011 e 2012. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso em esquema fatorial 3 x 3, com três genótipos e três densidades de semeadura de plantas. Os genótipos utilizados foram os híbridos 1 e 2 e a cultivar IAC 2028 no ano de 2011 e os híbridos 3 e 4 e a cultivar IAC 2028 no ano de 2012. As densidades utilizadas foram de 20, 40 e 80 mil plantas por hectare. Todas as parcelas foram semeadas com espaçamento entre linhas com 0,45 m. O crescimento foi maior no ano de 2012 devido à maior disponibilidade hídrica. Devido a este fato, a planta da mamona ramificou-se mais em 2012, apresentando nos híbridos ramos de ordem quaternária, mesmo na maior densidade populacional. A maior ramificação em 2012 resultou em maior sombreamento e menor tempo de vida das folhas de ordem primária e secundária. Em relação aos aspectos produtivos observou-se redução dos componentes número de racemos por planta e número de grãos por racemo com o aumento da densidade populacional de plantas. A cultivar IAC 2028 apresentou menor número de racemos porém com maior produção de grãos por racemo sob boas condições hídricas. A produtividade foi maior nas maiores densidades populacionais nos dois anos e a cultivar IAC 2028 foi superior ao Híbrido 2 no ano de 2011. Em 2012 não houve diferença na produtividade entre os genótipos. Em 2011 o Híbrido 2 obteve o menor teor de óleo ...

Descrição

Idioma

Português

Como citar

PIVETTA, Laerte Gustavo. Aspectos fisiológicos e produtividade de genótipos de mamona de porte baixo influenciados por densidades de plantas. 2014. xi, 77 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2014.

Itens relacionados

Financiadores