Efeitos fisiológicos de fungicidas no desenvolvimento de plantas de pepino japonês enxertadas e não enxertadas, cultivadas em ambiente protegido

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-02-25

Orientador

Rodrigues, João Domingos

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Horticultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

As estrobilurinas são fungicidas com efeitos fisiológicos positivos no rendimento das culturas, devido ao aumento da fotossíntese líquida e melhor balanço hormonal. O boscalida complementa a ação desses fungicidas, seja aplicado alternadamente, seja aplicado em conjunto. E, assim como as estrobilurinas, é um fungicida sistêmico que funciona preventivamente inibindo a germinação de esporos, e possui pouco efeito curativo; portanto, a aplicação preventiva desses produtos traz como benefícios, além de proteger a planta, o de incrementar a produção através de seus benefícios fisiológicos. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de piraclostrobina, azoxistrobina e boscalida em pepino japonês (Cucumis sativus L.) enxertado e não enxertado, em condições de ambiente protegido, visando a seus efeitos fisiológicos no metabolismo e desenvolvimento da planta, bem como no aumento da produção e qualidade dos frutos. O experimento foi conduzido em área experimental da Faculdade de Ciências Agronômicas da Universidade Estadual Paulista, Campus de Botucatu-SP em ambiente protegido. O delineamento experimental foi inteiramente casualisado, fatorial 2 x 5, sendo plantas de pepino enxertadas e plantas não enxertadas e 5 tratamentos com fungicidas: testemunha, azoxistrobina 60g ha-1, boscalid 50g ha-1, piraclostrobina 50 g ha-1, boscalid (100g ha-1) + piraclostrobina (50 g ha-1), aplicados 18 dias após o transplante a intervalos de 7 dias, via foliar. O efeito dos tratamentos foi avaliado através das observações das seguintes características: produção de frutos e massa média do fruto, trocas gasosas, índice de clorofila nas folhas e atividade das enzimas peroxidase, superóxido dismutase, catalase e nitrato redutase. Em função dos resultados obtidos, conclui-se que os fungicidas testados apresentam efeitos fisiológicos positivos nas plantas...

Resumo (inglês)

Strobilurins are fungicides of positive physiological effects on crop yield due to increased net photosynthesis and improved hormone balance. Boscalid complements the action of these fungicides, applied alternately or together. And, as the strobilurins, is a systemic fungicide that works preemptively inhibiting germination of spores, and has little curative effect; therefore the preventive application of these products protect the plant and increases production through its physiological benefits. This experiment aimed to evaluate the effect of applying pyraclostrobin, azoxystrobin and boscalid in japanese cucumber (Cucumis sativus L.) grafted and non-grafted, in greenhouse conditions, aiming to their physiological effects on metabolism and plant development, as well as increased production and fruit quality. The study was conducted in an experimental area which belongs to the School of Agronomical Sciences (FCA), São Paulo State University (UNESP), Campus Botucatu, in greenhouse conditions. Experimental design was completely randomized, 2 x 5 factorial arrangement, including grafted cucumber plants and non-grafted plants and 5 fungicide treatments: control, azoxystrobin 60g ha-1, boscalid 50g ha-1, pyraclostrobin 50 g ha-1, boscalid (100g ha-1) + pyraclostrobin (50 g ha-1), sprayed 18 days after transplant (DAT) at 7-day intervals into leaves. The effect of the treatments was evaluated through observations of the following: fruit production and fruit weight, gas exchanges, leaf chlorophyll content and activity of peroxidase, superoxide dismutase, catalase and nitrate reductase. Based on these results, we conclude that the tested fungicides have positive physiological effects on Japanese cucumber plants grafted and non-grafted, and these effects were more evident in grafted plants, in which all fungicides increased yield, nitrate reductase activity (in early development) also antioxidative... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

AMARO, Amanda Cristina Esteves. Efeitos fisiológicos de fungicidas no desenvolvimento de plantas de pepino japonês enxertadas e não enxertadas, cultivadas em ambiente protegido. 2011. x, 86 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, 2011.

Itens relacionados