Nitrogênio em cobertura, teor de proteína e exportação de nutrientes pelos grãos de painço

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-11-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

Knowledge of the mineral composition of grain and export of nutrients by the proso millet is important to enhance their use and promote more rational fertilizer recommendations. This work aimed to evaluate the protein and nutrients in the grain and export of macronutrient by the proso millet, cv. AL Tibagi, submitted to different doses and times of nitrogen top-dressing application. The experimental design was randomized block design in a 4x2 factorial scheme, constituted by four doses (0, 30, 60, and 120 kg ha(-1) of N) and two application times (14 and 28 days after emergency) of N fertilizer (urea) in top-dressing with four replications. Nitrogen top-dressing application increased grain yield and N content and protein in grains of proso millet, however, reduced the concentration of K. Nitrogen top-dressing fertilization increased the export of N, P, Ca, Mg and S for the grains of proso millet. Proso millet exported an average of macronutrients in the following order: 28.1 kg ha(-1) N; 3.4 kg ha(-1) P; 2.1 kg ha(-1) Ca; 1.4 kg ha(-1) S, 0.9 kg ha(-1) K and 0.8 kg ha(-1) Mg.

Resumo (português)

O conhecimento da composição mineral dos grãos e da exportação de nutrientes pela cultura do painço é importante para aprimorar sua utilização e promover recomendações de adubação mais racionais. Objetivou-se avaliar o teor de proteína e macronutrientes nos grãos e a exportação de macronutrinentes pela cultura do painço, cv. AL Tibagi, submetida à diferentes doses e épocas de aplicação de N em cobertura. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, em esquema fatorial 4x2, constituído por quatro doses (0, 30, 60 e 120 kg ha-1 de N) e duas épocas de aplicação (14 e 28 dias após a emergência) do fertilizante nitrogenado (uréia) em cobertura, com quatro repetições. A aplicação de N em cobertura aumentou a produtividade de grãos e os teores de N e proteína bruta nos grãos da cultura do painço, porém, reduziu o teor de K. A adubação nitrogenada de cobertura aumentou a exportação de N, P, Ca, Mg e S pelos grãos da cultura do painço. A cultura do painço em média exportou os macronutrientes na seguinte ordem: 28,1 kg ha-1 de N; 3,4 kg ha-1 de P; 2,1 kg ha-1 de Ca; 1,4 kg ha-1 de S; 0,9 kg ha-1 de K e 0,8 kg ha-1 de Mg.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Bioscience Journal. Uberlandia: Universidade Federal de Uberlândia (UFU), v. 27, n. 6, p. 888-895, 2011.

Itens relacionados

Financiadores