Produtividade e qualidade da brachiaria irrigada no outono/inverno

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-02-26

Orientador

Faria, Rogério Teixeira de
Dalri, Alexandre Barcellos

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Ciência do Solo) - FCAV

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

Low performance of the Brazilian livestock is duo to the production seasonality of tropical forage plants. Irrigation can provide higher yield and stabilized productivity, since it can meet the water demand during the dry season. The objective of this study was to evaluate: a) dry matter yield and forage quality of Brachiaria brizantha cv. Marandu, as a function of water depths during the fall and winter period, and b) soil moisture and air temperature to determine its effects on forage yield. The experiment was conducted in FCAV - UNESP, Jaboticabal, SP. A line source sprinkler system was used to establish irrigation treatments with five depths, corresponding to fractions of reference evapotranspiration (L1 = 0.18, L2 = 0.52, 1.00 = L3; L4 and L5 = 1.45 = 1.67) in two seasons, fall and winter. The forage yield was higher in the fall and the yield response to water depths was adjusted by a quadratic function, reaching maximum yields with depths of 267 and 269 mm for fall and winter, respectively. High nutritional value of the forage was obtained during the experimental period, with increases in crude protein with increment in water depth only in the fall. Water application did not affect the neutral detergent fiber content of the forage

Resumo (português)

Um dos fatores que determinam os baixos índices zootécnicos na pecuária brasileira é a estacionalidade da produção das plantas forrageiras tropicais. A irrigação possibilita aumentar e estabilizar a produtividade, uma vez que pode suprir a demanda hídrica durante a época seca do ano. Os objetivos deste trabalho foram avaliar: a) a produtividade de massa seca e qualidade de forragem de Brachiaria brizantha, cv Marandu, em função de lâminas de irrigação no período do outono e inverno; b) a umidade do solo e temperatura do ar a fim de determinar seus efeitos na produtividade de forragem. O experimento foi conduzido na Fazenda Experimental da FCAV-Unesp, em Jaboticabal, SP. Utilizou-se um sistema de aspersão em linha para estabelecer tratamentos com cinco lâminas de irrigação correspondentes à frações da evapotranspiração de referência (L1=0,18; L2= 0,52; L3= 1,00; L4= 1,45 e L5= 1,67), em duas estações do ano, outono e inverno. O rendimento de forragem foi mais elevado no outono e a resposta de produtividade à lâmina de água foi ajustada por uma função quadrática, atingindo rendimentos máximos com lâminas 267 e 269 mm para o outono e inverno, respectivamente. Alto valor nutritivo da forragem foi obtido em ambas as estações do ano, havendo incrementos nos teores de proteína bruta somente no outono, à medida que se aumentou a lâmina de irrigação. Os teores de fibra em detergente neutro da forragem não foram afetados pela irrigação

Descrição

Idioma

Português

Como citar

DANTAS, Geffson de Figueiredo. Produtividade e qualidade da brachiaria irrigada no outono/inverno. 2015. xiii, 29 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal, 2015.

Itens relacionados

Financiadores