Úlcera gastroduodenal em potros

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

1995-01-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Dentre as inúmeras patologias que acometem os eqüinos jovens, as úlceras gástricas situam-se como uma das mais importantes. MURRAY et al. (1987) trabalhando com potros clinicamente normais, constatou uma prevalência de úlceras da ordem de 51%. O mesmo autor realizando gastroscopia em 45 equinos com idade entre 1 e 24 anos, observou a presença de úlceras em 93% dos animais (MURRAY, 1988). de etiologia não completamente definida, acredita-se que inúmeros fatores estejam envolvidos na gênese das úlceras gastroduodenais, sendo o estresse um dos mais importantes. Um desequilíbrio entre os fatores de agressão e proteção da mucosa gástrica é sugerido, onde uma vez ocorrendo o predomínio dos fatores de agressão, a formação das úlceras estaria determinada. de acordo com o tipo, presença ou ausência de sinais clínicos, localização das lesões na mucosa gástrica e possíveis complicações de sua ocorrência, quatro síndromes clínicas são reconhecidas em potros: 1) úlceras assintomáticas ou silenciosas; 2) úlceras sintomáticas ou ativas; 3) úlceras perfuradas e, 4) obstrução gástrica ou duodenal. O diagnóstico deve ser baseado na história clínica, sinais clínicos, resposta à terapia e principalmente nos achados do exame gastroscópico. O tratamento pode ser feito utilizando-se drogas inibidoras da secreção ácida, protetores de mucosas, anti-ácidos, análogos da prostaglandina e estimulantes de motilidade intestinal. Quando indicado emprega-se o tratamento cirúrgico.

Resumo (inglês)

Among the great number of pathologies that affect young horses, gastric ulcers are considered one of the most important. MURRAY et al. (1987) working with clinically normal foals established a prevalence of gastric ulcers of 51%. The same author after carrying out 1988). Although its aethiology hasn't been well established, a variety of factors are suspected to be involved in its genesis, where stress plays an important role. A disruption of the balance between protective and aggressive factors is suggested and once the last is predominant the ulcer would be established. According to the kind, presence or absence of clinical signs, the locadon of lesions on gastric mucosa and its complications, four clinical syndromes are described in foals: 1) silent ulcers, 2) active ulcers, 3) perforated ulcers and 4) gastric or duodenal obstruction. Diagnosis should be based on history, clinical signs, response to treatment and mainly on endoscopic findings. Gastric ulcers can be treated with drugs such as acid secretions inhibitors, local antacids, mucosal protectants, prostaglandin analogs and motility stimulants. If necessary, the surgical treatment can be used.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Ciência Rural. Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), v. 25, n. 2, p. 323-330, 1995.

Itens relacionados

Financiadores

Coleções