A interferência do complexo hidroelétrico da bacia do rio Tapajós nas comunidades quilombolas - PA (2002-2017)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2017

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

This paper will approach the matter of a construction and functioning on hydroelectrics of Tapajós River Complex presented on PAC standards. The problem itself involves the black community in the state of Pará and the subjects removal from theis homes. Without governmental help this population sees their rights being removed one by one. It is on this scenes that cames in a hundred requests regarding the land rights writing on the constituition. However, a lot of problems can appear following the megaprojects like a variety of violence, the local imbalance between wildlife and flora, the territorial desapropriation and noncompliance of law enforcement. Relating to the history of North region it can be seen the social formation where slavery was diferente than the rest of the country wich brought nowadays questions about politics and economy. At the end the social movements have their time to fight adversity that comes into their path
O presente trabalho abordará a questão da construção e funcionamento das hidroelétricas do Complexo do Rio Tapajós, a partir das normas apresentadas no PAC - Programa de Aceleração do Crescimento. A problemática envolve principalmente as comunidades quilombolas no estado do Pará e a remoção dos sujeitos de seus lares. Sem amparo governamental, essa população negra vê seus direitos serem removidos um a um. É neste cenário que entra em vigor os diversos pedidos pela titulação de terras, onde constitucionalmente os direitos são assegurados. Não obstante, as mais variadas problemáticas advêm da execução desses megaprojetos, como a violência de diversas ordens, o desequilíbrio entre flora e fauna local, a desapropriação territorial e o descumprimento de lei. Relacionando com a historicidade da região Norte, observa-se o âmbito da formação social em que a escravidão se deu de maneira diferenciada e até hoje se perpetua trazendo questionamentos de natureza política e econômica. Por fim, dá-se vez aos movimentos sociais enfrentando todo tipo de adversidade que lhes é imposta

Descrição

Palavras-chave

Programa de Aceleração do Crescimento, Usinas hidrelétricas, Quilombolas, Quilombos, Para - 2002-2017, Tapajós, Rio, Bacia (PA)

Como citar

WATANABE, Ana Beatriz de Lima. A interferência do complexo hidroelétrico da bacia do rio Tapajós nas comunidades quilombolas - PA (2002-2017). 2017. 47 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2017.