Níveis de energia digestível para leitoas dos 30 aos 60 kg mantidas em ambiente frio (15°C)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

1999-08-01

Autores

Ferreira, Rony Antonio
Oliveira, Rita Flávia Miranda de
Donzele, Juarez Lopes
Tadeu Fialho, Elias
Hannas, Melissa Izabel [UNESP]
Oliveira Neto, Adhemar Rodrigues de
Ferreira, Aloízio Soares

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira de Zootecnia

Resumo

Vinte e cinco leitoas dos 30 aos 60 kg PV, mantidas em temperatura ambiente baixa, foram usadas para avaliar o efeito de níveis de energia digestível de 3100 a 3700 kcal/kg de ração sobre desempenho, composição da carcaça e níveis séricos de hormônio da tireóide. O ganho de peso diário não foi influenciado pelo nível de energia digestível (ED) da ração, porém influiu de forma linear decrescente nos consumos de ração e proteína. A conversão alimentar melhorou de forma linear com o aumento do nível de ED da ração. O consumo de ED aumentou linearmente com a inclusão de óleo de soja na ração. Foi observado efeito do nível de ED da ração sobre a taxa de deposição de gordura e proteína, que aumentou e reduziu linearmente, respectivamente. As concentrações séricas de triiodotironina livre das leitoas aumentaram linearmente com o nível de energia da ração. O nível de energia da ração não influenciou os pesos absoluto e relativo dos órgãos avaliados.
Twenty-five gilts, from 30 to 60 kg LW, maintained in cold environment, were used to evaluate the effect of levels of digestible energy (DE) from 3100 to 3700 kcal/kg of diet on the performance, carcass composition and blood serum concentrations of free T3. The daily weight gain was not influenced by the dietary DE level, however, linearly influenced the dietary and protein intakes. The feed:gain ratio linearly improved with the increased of the dietary ED level. The DE intake linearly increased with the inclusion of the soybean oil in the diet. Effect of dietary DE level on the fat and protein deposition rate, that linearly increased and decreased, respectively, was observed. The blood serum concentrations of free T3 linearly increased with the dietary DE level. Dietary DE level did not influence the relative and absolute weights of evaluated organs.

Descrição

Palavras-chave

ambiente frio, energia digestível, leitoa em crescimento, cold environment, digestible energy, growing gilt

Como citar

Revista Brasileira de Zootecnia. Sociedade Brasileira de Zootecnia, v. 28, n. 4, p. 758-765, 1999.

Coleções