Garimpo do Araras/RO depois do Eldorado

dc.contributor.advisorFerreira, Gilda Carneiro [UNESP]
dc.contributor.authorSilva, Arnaldo da [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:26:12Z
dc.date.available2014-06-11T19:26:12Z
dc.date.issued2002-11-29
dc.description.abstractEste trabalho foi desenvolvido no garimpo do Araras, localizado na margem direita do rio Madeira, no Km 40 da BR 425, em Nova Mamoré, Rondônia, e originado a partir de uma ocupação, por garimpeiros, de uma área que estava sendo pesquisada para ouro por uma empresa mineradora. A partir da disseminação da notícia de que havia muito ouro no referido local, formou-se uma currutela, hoje Vila do Araras, que teve seu auge de produção aurífera e crescimento demográfico em 1992, quando havia aproximadamente três mil habitantes e cerca de trezentas dragas e balsas. A partir desta data, começou a fase de esgotamento dos depósitos auríferos aluvionares, dando início à saída da população para outras áreas de trabalho. Porém, uma parte dessas pessoas permanecem até hoje na vila do Araras, motivo pelo qual escolhemos o lugar para realizar a presente pesquisa, que objetiva detectar os níveis de impacto ambiental e em que condições sócio-econômicas vivem essas pessoas, propondo medidas visando reduzir os efeitos negativos produzidos durante mais de dez anos pela lavra do ouro.pt
dc.description.abstractThis study was developed in the Araras gold garimpo, located along the right margin of the the Madeira River, km 40 of BR 425, in Nova Mamoré, Rondônia. This city was originally founded by prospectors and the locale was also investigated by a mining company. After word got out that there was alot of gold in this area, it quickly turned into a mining camp, today known as Vila do Araras. This town reached it's peak production in 1992 when there were approximately 3000 inhabitants and ca. 300 dredges and mining boats functioning. After this date, the alluvial gold deposits began to give out, thus the population of the region also decreased as many workers sought employment elsewhere. However, some of the original prospectors still remain in Vila do Araras. For this reason, we selected this place to carry out this study. The objective of this study has been to determine the levels of environmental impact and what the current socio-economic conditions of the remaining populace is. By doing this, we propose measures with the intention of reducing the negative effects created during more than ten years of alluvial gold mining.en
dc.format.extentviii, 79 f. : il., mapa, fots.
dc.identifier.aleph000184695
dc.identifier.capes33004137036P9
dc.identifier.citationSILVA, Arnaldo da. Garimpo do Araras/RO depois do Eldorado. 2002. viii, 79 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2002.
dc.identifier.filesilva_a_me_rcla.pdf
dc.identifier.lattes0784546622404888
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/92814
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectGeologia economicapt
dc.subjectGarimpagempt
dc.subjectOuropt
dc.subjectImpacto ambientalpt
dc.subjectGarimpopt
dc.subjectGarimpoen
dc.titleGarimpo do Araras/RO depois do Eldoradopt
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.author.lattes0784546622404888
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
unesp.graduateProgramGeociências e Meio Ambiente - IGCEpt
unesp.knowledgeAreaGeociências e meio ambientept

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
silva_a_me_rcla.pdf
Tamanho:
1.22 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format