Estado da arte das práticas didático-pedagógicas em educação ambiental em trilhas ecológicas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-11-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Tendo em vista dos inúmeros impactos ambientais observados nas últimas décadas, a Educação Ambiental vem apontando como uma importante área potencial para uma conscientização e sensibilização sobre os sistemas socioeconômicos políticos vigentes e suas relações com os impactos ambientais. A Educação Ambiental assume diferentes tendências em relação as suas práticas pedagógicas, que são caracterizadas em três principais abordagens: conservacionista, pragmática e crítica. As trilhas ecológicas se apresentam como locais potenciais para a promoção de práticas pedagógicas voltadas a Educação Ambiental, pois permitem o contato direto com a natureza, bem como uma sensibilização para as questões ambientais. Nesse aspecto, o presente trabalho teve como principal objetivo a realização de um levantamento da produção acadêmica nos estudos de EA que vem sendo desenvolvidos sobre práticas didático pedagógicas em trilhas ecológicas na Revista Brasileira de Educação Ambiental (RevBEA). A metodologia consistiu em uma pesquisa bibliográfica do tipo estado da arte, desenvolvida de forma manual com base em todos os artigos publicados online pela RevBEA que apresentavam a temática de trilhas ecológicas e educação ambiental. Foram encontrados e analisados treze artigos, e os resultados mostraram que as práticas pedagógicas aplicadas corresponderam a mapas mentais, questionários, palestras e oficinas. Os resultados mostraram que as práticas pedagógicas de cunho unicamente informativo relacionavam-se a tendência conservacionista da EA; as atividades que apontavam para uma conscientização individual e sensibilização momentânea sobre questões como resíduos sólidos e poluição, referiam-se a tendência pragmática da EA; e por fim as práticas pedagógicas que incluíam a realidade dos indivíduos na análise e uma reflexão sobre recuperação com um caráter continuo para as atividades, associaram-se a tendência crítica. A análise mostrou que a maioria dos trabalhos apresentaram práticas pedagógicas de caráter pragmático, o que pode representar certa dificuldade no desenvolvimento de atividades que permitam uma reflexão críticas das relações homem – natureza. Assim, sugere-se uma maior especialização de professores e guias de trilhas para aplicarem atividades que objetivam discussões críticas relacionadas a EA, sendo essencial o envolvimento das universidades e instituições de pesquisa. Além disso, as atividades devem ser construídas de forma contínua, envolvendo toda a comunidade a qual os indivíduos estão inseridos.
Considering the numerous environmental impacts observed in recent decades, Environmental Education has been identified as an important field for raising awareness and sensitization regarding the current socio-economic and political systems and their relationships with environmental impacts. Environmental Education encompasses different trends in terms of pedagogical practices, which can be characterized into three main approaches: conservationist, pragmatic, and critical. Ecological trails present themselves as potential locations for promoting pedagogical practices focused on Environmental Education, as they allow direct contact with nature and sensitization to environmental issues. In this regard, the main objective of this study was to survey the academic production in Environmental Education studies that have been developed on didactic-pedagogical practices in ecological trails, as published in the Brazilian Journal of Environmental Education (RevBEA). The methodology consisted of a state-of-the-art bibliographic research, manually conducted based on all the articles published online by RevBEA that addressed the themes of ecological trails and environmental education. Thirteen articles were found and analyzed, and the results showed that the applied pedagogical practices included mind maps, questionnaires, lectures, and workshops. The results indicated that pedagogical practices solely focused on providing information were associated with the conservationist trend in Environmental Education. Activities that aimed at individual awareness and momentary sensitization to issues such as solid waste and pollution were aligned with the pragmatic trend in Environmental Education. Finally, pedagogical practices that included an analysis of individuals' reality and a continuous reflection on recovery activities were associated with the critical trend. The analysis revealed that the majority of the studies presented pedagogical practices of a pragmatic nature, which may pose a challenge in developing activities that allow for critical reflection on human-nature relationships. Thus, it is suggested that teachers and trail guides receive specialized training to implement activities aimed at fostering critical discussions related to Environmental Education, with the involvement of universities and research institutions being essential. Furthermore, activities should be developed in a continuous manner, involving the entire community to which individuals belong.

Descrição

Palavras-chave

Educação ambiental crítica, Ensino, Meio ambiente, Critical environmental education, Teaching, Natural environmental

Como citar