Produtividade da alface americana (Lactuca sativa L.) em três sistemas de irrigação

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2003-12

Orientador

Cruz, Raimundo Leite

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Irrigação e Drenagem) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Este trabalho teve por finalidade avaliar o desenvolvimento da alface tipo americana em três sistemas de irrigação. Foram conduzidos em campo dois experimentos, com a cultivar tipo americana em túneis baixos de 2 m de altura, 2,4 m de largura e 8 m de comprimento, onde foram instalados 12 parcelas com espaçamento de 0,35 X 0,35 m para o primeiro experimento (EXP 1) e 0,30 X 0,30 m para o segundo experimento (EXP 2), em uma área experimental da Fazenda de Ensino, Pesquisa e Produção, Fazenda experimental São Manuel, UNESP, Campus Botucatu, SP. O delineamento experimental foi inteiramente casualisado, com três sistemas de irrigação e duas época de cultivo. Os dados obtidos foram submetidos à analise de variância e as médias foram analisadas e comparadas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. Para avaliar o crescimento foram feitas coletas semanais de plantas e avaliadas as seguinte medidas: massa fresca, seca e área foliar, onde baseado nos dados de massa seca e área foliar foram aplicados índices-morfo-fisiológicos. No primeiro experimento (20/02/03 a 16/04/03), as plantas não tiveram boa formação de cabeça, sendo o melhor resultado de produtividade de cabeça para as plantas irrigadas por sulco, 37 tha-1. No segundo experimento (30/05/03 a 21/07/03), obteve-se melhores resultados, sendo as plantas irrigadas por sulco com os melhores resultados, com produtividade de 56 tha-1, seguido pelo gotejamento com 54 tha-1. As plantas irrigadas por microaspersão não apresentaram boa formação de cabeça, apresentando uma produtividade de 18 tha-1 (EXP 1) e 26 tha-1 (EXP 2).

Resumo (inglês)

This study aimed to evaluate the development of lettuce in three irrigation systems. Two field trials were accomplished with lettuce cultivar in low tunnels with 2m of height, 2.4m of width and 8m of length, where 12 treatments were installed in spacing: 0.35 x 0.35m for the first experiment (EXP 1) and 0.30 x 0.30 m in the second experiment (EXP 2), in an experimental area of São Manuel Education, Research and Production Farm, UNESP, Botucatu Campus, SP, Brazil. Trial design was totally randomized with three irrigation systems and two cultivation seasons. The obtained data were subjected to variance analysis and the obtained averages were scanned and compared with Tukey test, at 5% probability. To evaluate growth, plants were weekly collected and green mass, dry mass, and foliar area were evaluated, where morpho-physiological indexes were applied based on mass dry mass and foliar area data. In EXP 1 (20/02/03 to 16/04/03), the plants did not have good head formation, although the best results for head production were presented by the plants irrigated by furrow system, (37 t ha-1). In EXP 2 (30/05/03 to 21/07/03), better results were obtained: furrowirrigated plants had the best results (56 t ha-1), followed by drip (54 t ha-1). The plants irrigated with sprinklers did not present good head formation: 18 t ha-1 (EXP 1) and 26 t ha-1 (EXP 2).

Descrição

Idioma

Português

Como citar

ALENCAR, Cristina Miranda de. Produtividade da alface americana (Lactuca sativa L.) em três sistemas de irrigação. 2003. viii, 68 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, 2003.

Itens relacionados

Financiadores