Soja em sucessão ao consórcio de milho com capim-marandu e/ou guandu-anão em sistema integrado de produção agropecuária

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-02-21

Autores

Pereira, Roseana Ramos

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Os sistemas integrados de produção agropecuária (SIPAs) são alternativas para o restabelecimento da capacidade produtiva de pastagens cultivadas ou para produção de silagem na entressafra, garantindo sustentabilidade e a intensificação dos sistemas mistos de produção. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade da soja em sucessão a um sistema de integração lavoura pecuária sob palhada da rebrota de diferentes consórcios de milho para produção de silagem. O experimento foi conduzido em Selvíria-MS, num Latossolo Vermelho distrófico de textura argilosa, no ano agrícola 2016. O delineamento experimental foi de blocos casualizados em esquema fatorial 2x5, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos de milho safrinha em consórcio com guandu-anão e milho safrinha em consórcio com Uruchloa brizantha cv Marandu e guandu-anão (Cajanus cajan), sendo este em 5 densidades de semeadura na entrelinha do milho (0, 6, 12, 18 e 24 sementes m-1). Após a colheita do material vegetal para ensilagem foi implantada a cultura da soja cv. BMX Potência RR de verão em sucessão utilizando o mesmo delineamento experimental dos consórcios, objetivando avaliar o efeito da palhada remanescente sobre o desempenho da cultura. Visando o adequado estado nutricional, crescimento da soja em sucessão ao milho para silagem, recomenda-se o consórcio antecessor de milho com capim Marandu e guandu anão na população de 12 sementes m-1. Do ponto de vista econômico, e de acordo com os índices de lucratividade, considerado implantar a soja em sucessão ao consórcio antecessor para a produção de silagem, recomenda-se realizar o cultivo sem o guandu anão.
Crop livestock systems are alternatives for reestablishing the production capacity of cultivated pasture or silage production in the off-season, ensuring sustainability and intensification of mixed production systems. The objective of this work was to evaluate soybean yield in succession in a crop livestock integration system under straw from different consortia. The experiment was conducted in Selvíria-MS, in Oxisol in the agricultural year 2016. The experimental design was a randomized complete block in a 2x5 factorial scheme, with four replications. The treatments were composed of corn in no season in a consortium with pigeon pea dwarf and corn in no season in a consortium with Uruchloa brizantha cv Marandu and Cajanus cajan, being 5 densities of sowing in the corn interweave (0, 6, 12, 18 and 24 seeds m-1). After harvesting the plant material for silage the summer soybean crop was implanted in succession using the same experimental design of the consortia to evaluate the effect of the remaining straw on the performance of the crop. Aiming at the adequate nutritional status, soybean growth in succession to corn for silage, the predecessor consortium of corn with Marandu grass and dwarf pigeon pea in the population of 12 seeds m-1 is recommended. From the economic point of view, and according to the profitability indexes, considered to implant the soybean in succession to the predecessor consortium for the production of silage, it is recommended to realize the culture without the pigeon pea dwarf.

Descrição

Palavras-chave

Palhada, Urochloa, Cajanus cajan, Integração lavoura pecuária, Straw, Crop livestock integration

Como citar