Assistência cirúrgico-odontológica a pacientes com história de infarto do miocárdio

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2011

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

The execution of a appropriate odontological surgical treatment for patients with Myocardial Infarction has been based in established protocols for important works in world wide literature during the sixty’s and seventy’s decade, established with a minimum of six months before the noncardiac surgery. The recent advancements in the medical assessment of surgical risk based on the individual analysis of each case with availability of new therapeutic tools in reference to medical or dental treatment, allowing for new procedures that can be used in the execution of safer odontological surgery for each patients. This review of the literature shows the actual tendencies of the treatment of patients with Myocardial Infarction concerning specific care before, during and after surgery based on laboratory evaluation and drug therapy as well as the possibility of surgical treatment before six months post-infarction.

Resumo (português)

A execução de um plano de tratamento cirúrgico-odontológico adequado em pacientes com história de Infarto do Miocárdio tem sido baseada em protocolos estabelecidos desde as décadas de 1960 e 1970, que estipulavam um período de espera mínimo de seis meses para a execução de cirurgia não-cardíaca. Atualmente, os recentes avanços na avaliação médica do risco cirúrgico com base na análise individual de cada caso, bem como a disponibilidade de novos recursos terapêuticos tanto no que se refere ao tratamento médico quanto odontológico, permitem que novas posturas sejam adotadas na execução de um cirurgia odontológica segura nestes pacientes. Neste trabalho, a partir da revisão de literatura, procurou-se abordar as tendências atuais do tratamento de pacientes com história de infarto agudo do miocárdio, no que se refere aos cuidados específicos durante o pré, trans e pós-operatório, tendo em vista a avaliação laboratorial e terapêutica medicamentosa; bem como na possibilidade de tratamento cirúrgico-odontológico prévio aos seis meses pós-infarto.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

RGO. Revista Gaúcha de Odontologia, v. 59, n. 2, p. 32-35, 2011.

Itens relacionados

Financiadores