Variação genética para os teores dos macro e micronutrientes após aplicação de 2,4-D em progênies de Eucalyptus grandis

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2014

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

The forest tree production in Brazil was three times greater than through 70’s decade, reaching the wood volume averages by 45 m3 .ha-1.year-1. Many technological advances have contributed for that productivity, such as the use of herbicides for weed control, thus avoiding much of the weed competition and better development of plants as the lighting and nutrient assimilation. The 2,4-D product stands out as selective herbicide for broadleaved used in major crops, among them is the cultivation of eucalyptus. The 2,4-D may also be used as plant growth regulator as a synthetic auxin (Ax) and can generate nutritional helper increases and the morphological plant development after preliminary testing to obtain optimal dosage. This study aimed to evaluate the influence and interactions between obtaining optimal doses of 2,4-D product as plant growth regulator through the Eucalyptus grandis progeny trial to estimate quantitative genetic parameters. We used statistical design of randomized blocks with 20 progenies, and three replications with 16 plants, totaling 960 plants by the trial. The quantitative genetic parameters were obtained by SELEGEN software using REML/BLUP statistical procedure. As guiding factors after 15 days of application of 2,4-D doses, we have evaluated macro and micronutrients (N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn, and Zn) in aerial part of plant tissues. As a result it was found that 2,4-D in sub-dosage (3.75 µL.L-1) promoted the development of E. grandis and allows the expression of genetic variation, the CVg ranged from 1.22% (S) to 13.51% (Ca). Only the N levels (43.05%), Fe (56.545%) and Cu (58.37%) showed lower accuracies below 70%. The highest coefficients of relative variation were related for Ca (2.0) as selection factor for selection based on macronutrients and Mn (1.16) on micronutrients.

Resumo (português)

O Brasil triplicou sua produção florestal de eucalipto desde 1970, alcançando médias de 45 m3 .ha-1.ano-1. Muitos avanços técnicos contribuíram para essa produtividade, entre eles a utilização de herbicidas para o controle de plantas daninhas. O produto 2,4-D destaca-se como herbicida seletivo às dicotiledôneas utilizado nas grandes culturas, entre elas está a cultura do eucalipto. O 2,4-D também pode ser usado como regulador vegetal, auxina (Ax), em subdosagem, podendo gerar incrementos nutricionais e auxiliar no desenvolvimento morfológico do vegetal após testes preliminares para obtenção de dosagem ideal, que no presente trabalho foi de 3,75 µL L-1. Assim, o trabalho teve como objetivos avaliar a aplicação de auxina em um teste de progênies de Eucalyptus grandis, na fase de mudas, para estimar os parâmetros genéticos das variações dos elementos minerais nas plantas, com base no procedimento REML/BLUP. O delineamento foi em blocos casualizados com 20 progênies em três repetições, 16 plantas por parcela, totalizando 960 plantas. Como fatores norteadores, após 15 dias da aplicação do produto, foram avaliados os macro e micronutrientes (N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn e Zn) nos tecidos vegetais da parte aérea. Como resultado, verificou-se que o 2,4-D age como auxina, quando aplicada em subdosagem (3,75 µL L-1), promovendo o desenvolvimento das mudas de E. grandis e permite a expressão da variação genética, sendo que o CVg variou de 1,22% (S) a 13,51% (Ca). Apenas os teores de N (43,05%), Fe (56,545%) e Cu (58,37%) apresentaram acurácias inferiores a 70%. Os maiores coeficientes de variação relativa foram para os teores de Ca (2,0) em relação à escolha de uma variável para a seleção com base nos macronutrientes e Mn (1,16) no caso dos micronutrientes.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista do Instituto Florestal, v. 26, n. 2, p. 161-167, 2014.

Itens relacionados