Influência de sistemas adesivos e da região do dente na durabilidade da união entre dentina e pino de fibra

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-05-08

Orientador

Bottino, Marco Antonio

Coorientador

Pós-graduação

Odontologia Restauradora - ICT

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Esse estudo avaliou a performance de dois adesivos com condicionamento ácido prévio (All- Bond 2 e One-step Plus - Bisco) e dois sistemas adesivos autocondicionantes (Clearfil SE Bond- Kuraray e Xeno III- Dentsply) quanto à resistência de união à dentina coronária e do canal radicular, penetração do adesivo na dentina desmineralizada e influência sobre o grau de conversão do cimento resinoso. Também foi determinada, com mecânica da fratura, a tenacidade da interface pino/cimento/dentina formada com o adesivo All-Bond 2. O canal radicular de 80 dentes humanos anteriores superiores foi instrumentado e, em seguida, preparado com brocas do sistema de pinos FRC Postec (Ivoclar). A dentina foi tratada com um dos sistemas adesivos e o pino foi cimentado com cimento Duo-link (Bisco). Oito grupos foram formados de acordo com o sistema adesivo e o tempo de armazenagem em saliva artificial (7 d ou 4 m). Seis secções transversais (~1,0 mm) foram obtidas das regiões compreendidas entre 4 mm acima da JEC até 4mm do ápice radicular, isto é, dentina coronária e do canal radicular. Três destas seis secções foram submetidas ao teste de pushout em máquina de ensaio universal Instron (1 mm/min, 50 Kgf). Nas secções restantes foram avaliados o grau de conversão do cimento e a penetração do adesivo na dentina com μ-Espectroscopia Raman. As amostras de tenacidade consistiram de dois hemi-discos de resina reforçada por fibra (pino) cimentados a duas fatias de dentina da câmara pulpar, formando um sanduíche (espécime Brazil nut). Os resultados do teste Anova 3-fatores de medida repetida (p<0.05) indicam que, apenas, a “região” exerceu efeito significante sobre a resistência de união (MPa). Na porção coronária (4,20 MPa) a resistência foi maior que nas regiões média (3,45 MPa) e apical (3,26 MPa) (Tukey, 5%). A tenacidade de fratura da interface cimento-dentina foi maior...

Resumo (inglês)

This study evaluated the performance of two etch-and-rinse (All-Bond 2 andOne-step Plus- Bisco) and two self-etch adhesive systems (Clearfil SE Bond- Kuraray and XenoIII-Dentsply) concerning their bonding durability to coronal and root canal dentin, infiltration onto dentin and influence on the degree of cure of a dual-cure cement. It was also determined the interfacial fracture toughness of the post/cement/dentin interface forme with All-Bond 2. The root canals of 80 human incisors and canines were instrumented and prepared with burs (FRC Postec System, Ivoclar). Dentin was treated with one of the four adhesives and FRC Postec posts (Ivoclar) were cemented to the root canal with Duo-link dual-cure resin cement (Bisco). Eight groups were formed according to the adhesive system employed and the aging time in water (7 or 4 m). Six transverse sections (~1.0 mm) were cut from 4 mm above the CEJ up to 4 mm short of the root canal apex, comprising coronal and root canal dentin. Three out of the six sections were submitted to push-out testing in an Instron machine (1 mm/min, 50 Kgf). The degree of conversion of the cement and the infiltration of the adhesive were evaluated in the remaining sections through Raman μ-Spectroscopy. The fracture toughness specimens were made out of two half disks of fiber–reinforced composite (post) cemented to dentin pieces, forming the Brazil nut specimen. The analisys obtained with the 3-way Anova of repeated measures test (p<0.05) showed that only the “region” had statistically significant effects on the bond strengths (MPa). Comparison of the means achieved in each region (Tukey, p < 0.05) revealed that the coronal portion (4.20 MPa) was higher than the cervical (3.45 MPa) and middle portions (3.26 MPa) of the root, which were not statistically different. The interfacial fracture toughness was higher for the cement-dentin interface than... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

MELO, Renata Marques de. Influência de sistemas adesivos e da região do dente na durabilidade da união entre dentina e pino de fibra. 2009. 133 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odntologia de São José dos Campos, 2009.

Itens relacionados