Cultivo consorciado do cafeeiro (coffea arabica L.) e cultivares da nogueira-macadâmia (Macadamia integrifolia maiden e betche) sob os regimes sequeiro e irrigado

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-07-04

Orientador

Soratto, Rogério Seiko Peres
Esperancini, Maura Seiko Tsutsui

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O uso de irrigação pode ser uma alternativa para garantir as produções em anos de estiagem e aumentar a produtividade da cultura do café arábica, mesmo em regiões consideradas aptas à cafeicultura. Já a arborização proporciona um microclima mais favorável ao cultivo do café, o que pode ser benéfico, com melhoria na qualidade e na produção em diversas regiões. A nogueira-macadâmia pode ser uma alternativa para arborização dos cafezais e contribuir com o ingresso de novos recursos, pois, produz nozes de elevado valor. Para essa cultura, em função das práticas culturais e adubação do café, o consórcio irrigado pode ser uma alternativa para diminuir o período de retorno do investimento e alavancar seu desenvolvimento. Assim, objetivou-se com este trabalho avaliar o crescimento e a produtividade do café arábica e da nogueira-macadâmia em cultivo solteiro e consorciado, em condições de sequeiro e irrigado, bem como suas rentabilidades e o período de retorno do investimento. Para isso, dois experimentos foram instalados em fevereiro de 2006 e conduzidos por sete anos consecutivos no município de Dois Córregos, região Centro-Oeste do Estado de São Paulo. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado. O experimento I foi conduzido em esquema fatorial 3x2, com três sistemas de cultivo (A - nogueira-macadâmia solteira (cv. IAC 9-20), B - café solteiro (cv. Obatã IAC 1669-20) e C - nogueira-macadâmia consorciada com café), dois regimes hídricos (sem e com irrigação por gotejamento) e dez repetições. O experimento II foi constituído por dez tratamentos, ou seja, o cultivo do café solteiro (cv. Obatã IAC 1669-20)...

Resumo (inglês)

Using irrigation may be an option to ensure production in drought years and increase yield of arabica coffee plantations, including in regions deemed fit for coffee growing. On the other hand, afforestation affords a microclimate that is more suitable to coffee growing, which may be of advantage, with improved quality and production in many different regions. Macadamia trees may be an option for afforesting coffee plantations, besides contributing to inflow of resources, seeing that macadamia produce high-priced nuts. Regarding such crop, in view of coffee growing and manuring practices, irrigated intercropping may be an option toward shortening the return-on-investment period and leveraging the development thereof. Therefore, the objective of this study was to evaluate growth and yield of arabica coffee and macadamia trees plantations, under sole and intercropping systems, in rainfed and drip-irrigated conditions, as well as their profitability and payback period of the investment and the payback period. Accordingly, two experiments have been set in February 2006 and conducted during seven consecutive years in the town of Dois Córregos, Midwest region of the State of São Paulo. The experimental design was a completely randomized. Experiment I was arranged in a 3x2 factorial scheme, with three growing systems (A – macadamia trees sole cropping (cv. IAC 9-20); B – coffee trees sole cropping (cv. Obatã IAC 1669-20); and C – macadamia trees intercropped with coffee trees), two water regimes (with and without drip irrigation)... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

PERDONÁ, Marcos José. Cultivo consorciado do cafeeiro (coffea arabica L.) e cultivares da nogueira-macadâmia (Macadamia integrifolia maiden e betche) sob os regimes sequeiro e irrigado. 2013. x, 130 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2013.

Itens relacionados

Financiadores