Educação em saúde bucal na visão de acadêmicos de odontologia

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2012

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

Aim: To analyze dental students' view concerning Oral Health Education. Materials and Methods: The present research, using both qualitative and quantitative approaches, addresses aspects related to dental students' understanding of Oral Health Education, the value that they attach to this practice in the school environment, as well as the importance of their participation in these and other activities during their studies in dentistry. Results: Although dental students recognize the importance of Oral Health Education in the school environment,as well as the importance of their own participation within these activities, their perception of "Oral Health Education" is reductionist and focused primarily on the disease. Conclusion: It is well-known that these findings are reflections and consequences of an established context within a university education. It is therefore necessary that these professional educators perform an in-depth rethinking of the dental practice, in an attempt to develop methodologies based on Health Education in their own teaching practices.

Resumo (português)

Objetivo: Analisar a visão dos acadêmicos do último ano do Curso de Odontologia sobre Educação em Saúde Bucal. Materias e Métodos: A pesquisa, quanti-qualitativa, aborda aspectos relacionados com o entendimento dos acadêmicos sobre Educação em Saúde Bucal, o valor que atribuem a essa prática no âmbito escolar, bem como a importância da participação de atividades em outros cenários de práticas na formação. Resultados: Apesar de os acadêmicos reconhecerem a importância dos Programas de Educação em Saúde Bucal no âmbito escolar e também de sua participação nessas atividades, sua percepção sobre o que é "Educação em Saúde Bucal" é reducionista e centrada na doença. Conclusão: Sabe-se que tais fatos encontrados são reflexos e consequências de todo um contexto estabelecido na formação universitária. Torna-se necessário, então, um profundo repensar de prática por parte de todos os formadores desses profissionais, para que possam desenvolver metodologias que privilegiem a Educação em Saúde em suas práticas de ensino.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Arquivos em Odontologia, v. 48, n. 2, p. 96-101, 2012.

Itens relacionados

Financiadores