Avaliação da eficácia de Fusarium spp. e da indução de resistência por acibenzolar-s-methyl à murcha-de-curtobacterium do feijoeiro

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2001-08

Orientador

Maringoni, Antonio Carlos

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens (Cff) causa a murcha-de-Curtobacterium do feijoeiro, doença recentemente constatada no Brasil, na safra das águas de 1995, no Estado de São Paulo. Trata-se de um patógeno de colonização vascular e de difícil controle, sendo recomendados à utilização de cultivares resistentes, além de rotação de culturas e o uso de sementes sadias. O presente trabalho teve como objetivos avaliar a ação inibitória de Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli e Fusarium spp., in vitro, sobre Cff e na indução de resistência à murcha-de-Curtobacterium, em plantas de feijoeiro cultivadas em vaso contendo substrato infestado com isolados de Fusarium spp. Teve também os objetivos de avaliar os efeitos do tratamento de sementes e da pulverização com acibenzolar-S-methyl, sobre plantas de feijoeiro e na indução de resistência à doença, sob condições de casa-de-vegetação, e as atividades de peroxidases, polifenoloxidases e nível de proteínas totais solúveis nas folhas e no caule. Os resultados observados mostraram que isolados de F. oxysporum f. sp. phaseoli e Fusarium spp., cultivados sobre discos de papel-de-filtro em meio de cultura agarizado, inibiram o crescimento de Cff in vitro e os isolados de Fusarium spp. não foram eficazes no controle da murcha-de-Curtobacterium em plantas de feijoeiro. O tratamento de sementes com acibenzolar-S-methyl, nas dosagens de 25, 50 e 75 g i.a./100 Kg de sementes, foi prejudicial à germinação e ao vigor e não induziu resistência à doença; a pulverização de feijoeiro com acibenzolar-S-methyl na dosagem de 250 μg i.a./mL foi fitotóxico e a dosagem de 100 μg i.a./mL não causou fitoxidez e foi ineficaz para induzir de resistência à murcha-de- Curtobacterium na cultivar suscetível (IAC Carioca), quando pulverizadas antes ou após a inoculação, ou... .

Resumo (inglês)

Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens (Cff) cause the bacterial wilt of common bean, disease recently observed in State of São Paulo, Brazil. It is a vascular colonization pathogen, difficult to be controlled, and the resistant cultivars utilization is the best control method, followed by crop rotation and health seeds use. This work evaluated the in vitro inhibitory action of Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli and Fusarium spp. over Cff and its effects in the resistance induction to the bacterial wilt in common bean plants, cultivated in vases with substrate infested with Fusarium spp. It was also evaluated the effects of seed treatment and spraying through the use of acibenzolar-S-methyl, on common bean plants, in the resistance induction to disease under greenhouse conditions. Peroxidases and polyphenoloxidases activities, and total soluble protein level were observed in the leaf and stem. The results showed that Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli and Fusarium spp., cultivated on paper-filter discs on agar medium, inhibited the in vitro Cff growth, and the Fusarium spp. isolates were not efficient to induce resistance to bacterial wilt in common bean plants. The acibenzolar-S-methyl seed treatment (25, 50 and 75 g a.i./100 Kg of seeds) was prejudicial to germination and vigour, and it did not induce resistance to disease; spraying bean plants with 250 mg a.i./mL was phytotoxic, while with 100 mg a.i./mL it did not cause phytotoxicity, being either inefficient to induce resistance to bacterial wilt in the susceptible cultivar (IAC Carioca), spraying before or after inoculation, or to increase the resistance in cultivars with different levels of resistance (IAC Carioca Akytã and IAC Carioca Pyatã); the acibenzolar-S-methyl spraying (100 mg a.i./mL) increased the peroxidases activity in leaf and stem, as well as the polyphenoloxidases and total soluble protein level in the stem.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

SOARES, Rafael Moreira. Avaliação da eficácia de Fusarium spp. e da indução de resistência por acibenzolar-s-methyl à murcha-de-curtobacterium do feijoeiro. 2001. x, 89 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, 2001.

Itens relacionados