Uniformidade de deposição da calda de pulverização de herbicidas em barra lateral protegida com diferentes combinações de pontas de pulverização

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2001-12-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas

Resumo

O presente trabalho objetivou estudar a uniformidade de distribuição da calda de pulverização contendo herbicidas, em culturas perenes arbustivas, utilizando combinações de pontas de pulverização em barra lateral protegida, conduzida a pequena distância do alvo, na linha de culturas perenes arbustivas. Para isso, foi desenvolvido um programa computacional que permite simular a sobreposição do leque de pulverização, da porção protegida da barra e do leque formado pela ponta de pulverização do bico mais extremo da barra, de modo diferente dos demais programas. Após a seleção das melhores combinações de pontas de pulverização por meio de simulação dos padrões de deposição da pulverização das pontas individuais e dos coeficientes de variação menores que 10%, algumas dessas combinações foram testadas em campo, aplicando-se um herbicida sistêmico (glyphosate) e outro com ação de contato (paraquat). Os resultados indicaram que o programa computacional desenvolvido pode constituir-se em um auxiliar valioso para a seleção das melhores combinações de pontas de pulverização. em aplicações tanto do herbicida glyphosate quanto do paraquat, com volumes de calda mais reduzidos,abaixo de 100 L ha-1, destacaram-se como arranjos mais eficientes: a) pontas TT110015 distanciadas de 52,5 cm entre si, combinadas com a ponta TK-0,5 na extremidade da barra a 50 cm do último bico, operando na velocidade de 5 km h-1 e pressão de 103 kPa (15 lbf pol-2), com distância de caminhamento do tronco da árvore de 20 cm ; b) pontas SMCE2 distanciadas de 15 cm entre si, combinadas com a ponta TK-0,5 na extremidade da barra de 20 cm do último bico, operando na velocidade de 4 km h-1 e pressão de 414 kPa (60 lbf pol-2), com distância de caminhamento do tronco da árvore de 30 cm ; e c) pontas TLX-2 distanciadas de 15 cm entre si, combinadas com a ponta TK-0,5 na extremidade da barra de 20 cm do último bico, operando à velocidade de 5 km h-1 e pressão de 414 kPa (60 lbf pol-2), com distância de caminhamento do tronco da árvore de 30 cm. A velocidade de deslocamento do pulverizador de 5 km h-1 proporcionou melhores condições para que os herbicidas estudados apresentassem melhor controle de plantas daninhas, quando comparada com a velocidade de deslocamento do pulverizador de 4 km h-1.
This work aimed to study herbicide spray distribution uniformity of a shielded lateral boom, in the rows of perennial tree crops, using combinations of nozzle tips, operated at small distance from the target. A computer software program was developed to simulate the overlapping of the spray pattern from the nozzles positioned in the shielded boom portion and at the end of the boom. After computer selection of nozzle tip combinations (coefficients of variation lower than 10%), some combinations were studied under field conditions, using a systemic herbicide (glyphosate) and a contact herbicide (paraquat) application. The results indicated that the software could be a powerful tool in nozzle tip combination selection. The most efficient tip combinations for both herbicides studied (glyphosate and paraquat) at reduced spray volume (100 L ha-1) were: a) TT110015 nozzle tips spaced 52.5 cm, combined with the tip TK-0.5 at the boom extremity (50 cm from the last nozzle), ground speed of 5 km h-1, 15 psi (103 kPa) working pressure, with the distance of the last boom nozzle of 20 cm from the tree trunk; b) SMCE-2 nozzle tips spaced 15 cm combined with the tip TK-0.5 at the boom extremity (20 cm from the last nozzle), with ground speed of 4 km h-1, 60 psi (414 kPa) working pressure, with the distance of the last boom nozzle of 30 cm from the tree trunk; and c) TLX-2 nozzle tips spaced 15 cm combined with the tip TK-0.5 at the boom extremity (20 cm from the last nozzle), with ground speed of 5 km h-1, 60 psi (414 kPa) working pressure, with the distance of the last boom nozzle of 30 cm from the tree trunk. The sprayer speed of 5 km h-1 showed better weed control compared to 4 km h-1.

Descrição

Palavras-chave

bico de pulverização, barra de pulverização, espaçamento de bico, simulação de pulverização, barra protegida, Spray nozzle, spray boom, nozzle spacing, spray simulation, shielded boom

Como citar

Planta Daninha. Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas , v. 19, n. 3, p. 445-455, 2001.