Análise morfométrica da microbacia do Ribeirão das Araras-SP

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2013

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

The objectives were to analyze the morphometry characteristics and to evaluate the landuse classes, according to the roughness coefficient, of the ribeirão Araras. The watershed is located in Araras, São Paulo, Brazil, between the geographical coordinates: longitude 47 º 22' 11" and 47 º28'08" W Gr.; latitude 22 º 17'06 and 22 º 21'34"S. The morphometric parameters were obtained by the topographic map elaborated by the Geography and Statistics Brazilian Institute (IBGE) in a 1:50000 scale, Araras Map, SF-23-M-II-3, scanned and georeferenced using ArcGIS 9.2 software. The results of the roughness coefficient of 7.2 fits the watershed in a class A, with the land suitable for agriculture. Through high rainfall the form factor and the circularity index indicated a median tendency to flow. However, the low slope and drainage density indicated that the watershed has a good runoff and water infiltration.

Resumo (português)

O presente estudo teve como objetivos analisar a morfometria da microbacia do Ribeirão das Araras e, avaliar as classes de usos dos solos de acordo com o coeficiente de rugosidade. A microbacia localiza-se no Município de Araras, São Paulo, Brasil, entre as coordenadas geográficas 47º22’11” a 47º28’08” de longitude W Gr. e 22º17’06” a 22º21’34” de latitude S. Os parâmetros morfométricos foram obtidos a partir da carta planialtimétrica editada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em escala 1:50.000, folha de Araras, SF-23-M-II-3, digitalizada e georreferenciada utilizando o software ArcGIS 9.2. Os resultados do coeficiente de rugosidade de 7,2 enquadram a microbacia na classe A, com terras propícias para agricultura. Mediante altas precipitações o fator de forma e o índice de circularidade indicam uma mediana tendência ao escoamento. Entretanto, as baixas declividades e densidade de drenagem permitem inferir que a microbacia apresenta uma boa relação infiltração deflúvio.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Científica Eletrônica de Engenharia Florestal, v. 21, n. 1, p. 25-37, 2013.

Itens relacionados

Financiadores