Porfirinas tetracatiônicas contendo complexos periféricos de Platina (II) na terapia fotodinâmica contra Candida albicans

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2024-03-08

Orientador

Junqueira, Juliana Campos

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

São José dos Campos - ICT - Odontologia

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (português)

Objetivo: Avaliar a atividade antifúngica da terapia fotodinâmica antimicrobiana (TFDa) mediada por porfirinas funcionalizadas com complexos periféricos de platina (II). Material e Métodos: Dois isômeros de porfirinas tetra-platinadas catiônicas (Pt3 e Pt4), recentemente sintetizados pelo nosso grupo de pesquisa, foram testados contra Candida albicans na TFDa utilizando-se LED (420 nm). Inicialmente, foi determinada a concentração inibitória mínima (CIM) de cada porfirina associada à irradiação. A seguir, seus efeitos foram avaliados em culturas planctônicas e biofilmes de C. albicans. Foi também realizado teste de toxicidade em queratinócitos humanos. Os dados foram analisados estatisticamente com nível de significância de 5%. Resultados: Ambas as porfirinas apresentaram valor de CIM igual a 16 micromolar. Em culturas planctônicas, verificou-se inibição total de Candida albicans para Pt3 com 40 segundos de irradiação, e redução de 1,5 log10 (UFC/mL) para Pt4 com 80 segundos de irradiação. No biofilme, as reduções de Pt3 e Pt4 alcançaram 4 e 1,2 log10 (UFC/mL), respectivamente. Em cultura de queratinócitos, foi encontrada viabilidade celular superior a 80% para Pt3 e 70% para Pt4. Conclusão: Ambas as porfirinas funcionalizadas apresentaram reduções significativas de C. albicans e baixa toxicidade para células humanas. Comparando os dois fotossensibilizadores, o isômero Pt3 teve maior ação antifúngica na TFDa em relação ao Pt4.

Resumo (inglês)

Objective: To evaluate the antifungal activity of aPDT mediated by porphyrins functionalized with peripheral platinum (II) complexes. Material and Methods: Two isomers of cationic tetra-platinated porphyrins (Pt3 and Pt4), recently synthesized by our research group, were tested against Candida albicans in aPDT using LED (420 nm). Initially, the minimum inhibitory concentration (MIC) of each porphyrin associated with irradiation was determined. Next, its effects were evaluated in planktonic cultures and biofilms of C. albicans. Toxicity testing was also carried out on human keratinocytes. The data were analyzed statistically with level of 5% significance. Results: Both porphyrins had an MIC value of 16 micromolar. In planktonic cultures, there was total inhibition of Candida albicans for Pt3 after 40 seconds of irradiation, and a reduction of 1.5 log10 (CFU/mL) for Pt4 after 80 seconds of irradiation. In biofilm tests, Pt3 and Pt4 reductions reached 4 and 1.2 log10 (CFU/mL), respectively. In keratinocyte culture, cell viability greater than 80% was found for Pt3 and 70% for Pt4. Conclusion: Both functionalized porphyrins showed significant reductions of C. albicans and low toxicity to human cells. Comparing the two photosensitizers, the Pt3 isomer had greater antifungal action in aPDT compared to Pt4

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados