Espectro de gotas gerado por diferentes adjuvantes e pontas de pulverização

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The application technology shows many parameters related to the quality of the application, one is the droplet spectrum, which is influenced by the spray nozzles and the adjuvant used. Therefore, the objective of this work was estimate the behavior of the droplet spectrum generated with different nozzles and different adjuvants. The experiment was installed containing four solutions from different type adjuvant dilution, as vegetal oil, mineral oil, surfactant and drift reduction, which were applied with two nozzle, one pre-orifice flat fan (DG 8003 VS) and other of air induction flat fan (AI 8003 VS), totaling 8 treatments with 3 repetitions. The experiment was realized in ideal weather conditions for spraying. The treatments averages were compared using Confidence Interval at 95% probability and the correlations between variables were analyzed using Pearson at 5% of probability. The analysis of droplet spectrum showed different behavior for each adjuvant and nozzle. The surfactant treatment showed VMD superior for all treatments when sprayed with AI nozzles. For the %vol.<100 µm the lowest value found was for the AI nozzle in combination with the surfactant. The significant correlations found for the nozzles AI and DG were negative between VMD and %vol.<100 µm. It can be concluded that the values of DMV and %vol.<100 µm showed that the nozzle with pre-orifice have droplet spectrum more prone to drift. The surfactant showed to be the best drift reduction technique when combined with the AI nozzle.

Resumo (português)

A tecnologia de aplicação apresenta muitos parâmetros relacionados à qualidade da aplicação, um deles é o espectro de gotas, o qual é influenciado pelas pontas de pulverização e pelos adjuvantes utilizados. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento do espectro de gotas gerado por diferentes pontas de pulverização e diferentes adjuvantes. O ensaio foi instalado com quatro caldas provenientes da diluição de diferentes tipos de adjuvantes a base de óleo vegetal, óleo mineral, surfatante e redutor de deriva, as quais foram aplicadas com duas pontas de pulverização, sendo uma de jato plano com pré-orifício (DG 8003 VS) e outra de jato plano com indução de ar (AI 8003 VS), totalizando 8 tratamentos com 3 repetições. O trabalho foi realizado em condições climáticas ideais para pulverização. As mé- dias dos tratamentos foram comparadas pelo Intervalo de Confiança, ao nível de 95% de probabilidade e as correlações entre as variáveis do espectro de gotas, através do coeficiente de Pearson a 5% de probabilidade. A análise do espectro de gotas demonstrou diferentes comportamentos para cada tipo de adjuvante e ponta de pulverização. O tratamento com surfatante apresentou DMV superior aos demais tratamentos quando pulverizado com pontas AI. Para a %vol.<100 µm, o menor valor encontrado foi para a ponta AI em combinação com o surfatante. As correlações significativas, encontradas para as pontas DG e AI, foram negativas entre as variáveis DMV e % vol.<100 µm. Pode-se concluir que os valores de DMV e %vol.<100 µm demonstram que a ponta DG tem o espectro de gotas mais sujeito a deriva. O surfatante representou a melhor tecnologia para redução de deriva quando combinado com a ponta AI.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Energia na Agricultura, v. 27, n. 3, p. 130-142, 2012.

Itens relacionados

Financiadores