Caracterização comparativa de parâmetros morfológicos, histológicos e citológicos de Eucalyptus dunnii maiden tetraplóide em condições de casa de vegetação

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-09-06

Orientador

Furtado, Edson Luiz

Coorientador

Pós-graduação

Ciência Florestal - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A poliploidia tem sido um importante mecanismo de destaque na história evolutiva das plantas e outros eucariotos. A ocorrência disseminada de poliplóides na natureza sugere que possa existir uma função para a sobrevivência e colonização em novos ambientes. No entanto, até agora foram poucos os estudos que exploraram esses fenômenos em espécies de Eucalyptus. Neste trabalho foram caracterizadas e comparadas 25 plantas tetraplóides, 25 diplóides pós contato com colchicina e 12 diplóides sem contato com colchicina de Eucalyptus dunnii em casa de vegetação. Foram medidas as alterações morfológicas por um período de seis meses. Concluiu-se que o número de ramos, dimensões de folhas (comprimento, largura e pecíolo), frequência de estômatos e comprimento de fibras mostraram diferenças significativas entre plantas diplóides e tetraplóides. Embora o número de galhos tenha diminuído em plantas tetraplóides, as plantas testadas não apresentaram diferenças significativas na altura e diâmetro. Estes resultados demonstraram que existem diferenças morfológicas entre plantas diplóides e tetraplóides de Eucalyptus dunnii e que estas diferenças podem ser usadas para facilitar a identificação de plantas tetraplóides recentemente produzidas.

Resumo (inglês)

Polyploidy has been an important mechanism in the plant evolution and other eukaryotes. The widespread occurrence of polyploid in nature suggest that there may be a function for survival and colonization of new environments. However, so far there are a very few studies that have explored these phenomena in Eucalyptus species. In this work were characterized and compared 25 tetraploid plants, 25 diploid after contact with colchicine and 12 diploid without contact with colchicine of Eucalyptus dunnii under greenhouse conditions. Morphological changes were measured for a period of six months. It was concluded that the number of branches, leaf area (length, width and petiole), frequency of stomata and fibre length showed significant differences between diploid and tetraploid plants. Although the number of branches has decreased in tetraploid plants and the plants tested showed no significant differences in height. These results demonstrated that there are morphological differences between diploid and tetraploid Eucalyptus and that these differences may be used to facilitate identification of newly produced tetraploid plants.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados

Financiadores