Lógica-Simbólica e Alfabetização

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-10-23

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente artigo tenta recuperar as idéias e proposta de H.Furth (1973 ), apontando-a como mais uma opção para tentar trabalhar com as dificuldades das crianças no processo de alfabetização. O autor propõe a substituição das “escolas da linguagem” pelas “escolas do pensamento”, ou seja,substituir a opção do professor no ensino da leitura-escrita, em sua forma tradicional, de como transformar sinais gráficos em sonoros e vice-versa, por aquela do fortalecimento do pensamento, alimentando o intelecto em desenvolvimento da criança por meio de exercícios de “lógica simbólica”.Para nos embasar teoricamente, apresentamos ainda alguns aspectos da teoria psicogenética, bem como outros trabalhos realizados mais recentemente sobre o assunto, que embora “travestidos” (disfarçados) com novas roupagens, ainda encontram seus fundamentos nas obras de J.Piaget.
The present article tries to recoup the ideas and the proposal of H. Furth (1973), pointing it as another option to try to work with the children’s difficulties in the alphabetization process. The author considers the substitution of “schools of the language” for “schools of the thought”, that is, to substitute the option of the teacher in the reading-writing education, in its traditional form, of how to transform graphical signals into sonorous and vice-versa, for that one of the thought consolidation, feeding the intellect in development of the child by exercises of “symbolic logic”. For theoretical basing, we still present some aspects of the psychogenetic theory, as well as other works carried through more recently on the subject, that even so “transvestite” (disguised) with new clothing, still find their beddings in the J. Piaget’s basis.

Descrição

Palavras-chave

alfabetização, lógica simbólica, escolas da linguagem, escolas do pensamento, J.Piaget

Como citar

Educação: Teoria e Prática, v. 16, n. 28, 2007, p. 67.