A criança com necessidades especiais no projeto de equoterapia da UNESP

dc.contributor.authorSilva, Fernanda Carolina Toledo da [UNESP]
dc.contributor.authorNabeiro, Marli [UNESP]
dc.contributor.authorFernandes, Vanessa [UNESP]
dc.contributor.authorDaroz, Roberta [UNESP]
dc.contributor.authorSilva, Aveline Rocha Lima da
dc.contributor.authorFreire, Debora Gambary
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2016-03-02T12:58:44Z
dc.date.available2016-03-02T12:58:44Z
dc.date.issued2011
dc.description.abstractO Projeto de Extensão Universitária “EQUOTERAPIA: uma atividade motora para o desenvolvimento de Pessoas com deficiências” tem como objetivo oferecer atividades motoras para pessoas com deficiências, promovendo o desenvolvimento dos aspectos neuropsicomotor com a utilização do cavalo. Os resultados encontrados até o momento foram: em relação a praticante do sexo feminino (6 anos) com paralisia cerebral teve como objetivo do programa controle motor, equilíbrio e interação, encontrando-se como resultados parciais: avaliação da postura – evolução de ruim para regular; melhora no posicionamento de cabeça e realinhamento do tronco; controle de tônus muscular; interação - diminuiu a insegurança e aumentou o contato tátil com o cavalo. O praticante do sexo masculino de 10 anos sem quadro clínico conclusivo teve como objetivo controle de tronco, diminuição dos reflexos patológicos, diminuição da hipotonia. Os resultados parciais apresentaram: diferenças quanto aos reflexos patológicos; controle de tronco; equilíbrio; coordenação motora; diminuição da hipotonia. A praticante do sexo feminino de 12 anos com distúrbio emocional teve como objetivo auto-confiança, auto-estima, aprendizagem, relacionamento interpessoal. Em seus resultados parciais observou-se superação da dificuldade com a fase de aproximação e montaria. O praticante do sexo masculino de 12 anos com deficiência visual objetivou em seu programa maiores interesses pelas atividades escolares e equilíbrio corporal. Foi possível analisar nos resultados parciais: melhor relacionamento com familiares; melhora no equilíbrio e coordenação motora; melhora na utilização do Braille. Pudemos assim verificar que a mudança de ambiente (casa e/ou escola – ambiente equoterápico) teve relação com a capacidade de aprendizagem dos praticantes, além disto, analisamos diferenças no comportamento motor dos praticantes, sendo observadas evoluções posturais, coordenação motora, equilíbrio. Conclui-se a importância de desenvolver o projeto de equoterapia, sendo possível aprimorar conhecimentos científicos e analisar diferentes casos.pt
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista, Departamento de Educação Física, Faculdade de Ciências de Bauru
dc.description.affiliationUnespUniversidade Estadual Paulista, Departamento de Psicologia, Faculdade de Ciências de Bauru
dc.format.extent154
dc.identifierhttp://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/article/view/548
dc.identifier.citationRevista Ciência em Extensão, v. 7, n. 2, p. 154, 2011.
dc.identifier.fileISSN1679-4605-2011-07-02-154.pdf
dc.identifier.issn1679-4605
dc.identifier.lattes2222554173375358
dc.identifier.lattes3970905716128417
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/134866
dc.language.isopor
dc.relation.ispartofRevista Ciência em Extensão
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceCurrículo Lattes
dc.subjectEquoterapiapt
dc.subjectCriança com necessidades especiaispt
dc.subjectExtensão Universitáriapt
dc.titleA criança com necessidades especiais no projeto de equoterapia da UNESPpt
dc.typeResumo
unesp.author.lattes2222554173375358
unesp.author.lattes3970905716128417
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências, Baurupt
unesp.departmentEducação Físicapt
unesp.departmentPsicologiapt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
ISSN1679-4605-2011-07-02-154.pdf
Tamanho:
92.37 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format