(Re)construindo o trabalho do professor alfabetizado: uma proposta de intervenção

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2006-05-29

Orientador

Barbosa, Raquel Lazzari Leite

Coorientador

Pós-graduação

Educação - FFC

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O presente trabalho procurou investigar os processos de aquisição da linguagem escrita no espaço da sala de aula mediatizados pelas interações sociais, incluindo a dimensão do trabalho orientado ao professor pelo pesquisador. Inserido em uma perspectiva sócio-histórica, discute e apresenta uma experiência de alfabetização como processo discursivo, fundamentada nos pressupostos teóricos de Smolka, Vigotski, Bakhtin e no conceito de interdiscursividade de Pêcheux. Utilizando a metodologia da pesquisa-ação, esta pesquisa desenvolveu-se durante o ano de 2004, envolvendo três professoras de primeira série do ensino fundamental, de duas escolas públicas da rede municipal de ensino de Campo Grande-MS, e seis acadêmicas do Curso de Pedagogia da UFMS, como auxiliares de pesquisa. Realizou-se em três etapas: a) definição e caracterização dos participantes e sujeitos da pesquisa através de questionários, entrevistas e conversas; b) reunião de estudos sobre alfabetização com as professoras e acadêmicas que constituíram o grupo de estudos e pesquisas; c) intervenção nas três turmas de primeira série, concomitantemente aos estudos do grupo.Os resultados obtidos na realização deste trabalho evidenciaram que a alfabetização como processo discursivo é um processo de construção de sentidos - no qual se aprendem, pelo uso, as funções sociais da escrita, as características discursivas dos textos escritos, os gêneros utilizados para escrever e muitos outros conteúdos de diferentes áreas do conhecimento -, mediatizado pela interação, interlocução e interdiscursividade. Evidenciou-se ainda a necessidade de redimensionamento da formação inicial e continuada de professores alfabetizadores articulando investigação/intervenção e teoria/prática.

Resumo (inglês)

This research has investigated the process of written language acquisition in school classes, mediated by social interaction, including a teacher-focused part developed by the researcher. This paper is inserted in a sociohistoric perspective and it discusses and presents an experience in the field of literacy, here conceived as a discourse-related process, based on the theoretical principles of Smolka, Vigotski, Bakhntin and also on the concept of interdiscourse developed by Pêcheux. This project, developed during the year of 2004, involved three first grade teachers, of two different municipal schools (from Campo Grande, state of Mato Grosso do Sul), as well as six academic students from the Pedagogy course of the UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), who have worked as research auxiliaries. Based on a methodology named pesquisa-ação, this research was developed in three steps: a) definition and characterization of the participants involved by the use of questionnaires, interviews and talks; b) study meetings about literacy with the teachers and academic students; c) intervention in the school classes taught by the three teachers who have accepted to take part in the project - these two last steps took place simultaneously. The results reached have shown that literacy conceived as a discourse-related process is based on a meaning construction process - in which one learns, by use, the social functions of writing, the discoursive characteristics of the written text, the genders used to write and many other contents of different areas of knowledge - mediated by interaction, by interlocution and by interdiscourse. It has also become clear the need of considerable changes in initial and constinuous teacher-formation courses, combining science investigation/intervention and theory/practice.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

VILELA, Ana Lúcia Nunes da Cunha. (Re)construindo o trabalho do professor alfabetizado: uma proposta de intervenção. 2006. 259 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, 2006.

Itens relacionados

Financiadores