Indução do florescimento e crescimento de tangerineira 'Poncã' (Citrus reticulata Blanco) em função da irrigação e da aplicação de paclobutrazol

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2004-04-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira de Fruticultura

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O experimento foi conduzido na Faculdade de Ciências Agronômicas - UNESP/Câmpus de Botucatu (SP), com o objetivo de avaliar o florescimento fora de época e o crescimento vegetativo da tangerineira 'Poncã'. Nesse contexto, adotou-se o delineamento estatístico em blocos casualizados, em parcelas subdivididas, com duas repetições, na instalação do ensaio. Os dois tratamentos de -0,03 e -0,05 MPa, como potenciais mínimos da água no solo, constituíram as parcelas e as quatro doses de paclobutrazol: 0; 4; 8 e 12 g por planta, nas subparcelas. No segundo ano de pesquisa, foram mantidas as mesmas parcelas e foram aplicadas nas plantas das subparcelas as doses de 0; 500; 1000 e 2000 mg l-1 de paclobutrazol, via foliar. Cada parcela foi constituída de 16 plantas, sendo oito destinadas à avaliação. Utilizou-se, em ambas as combinações, de um tratamento sem irrigação (-0,07 MPa) e sem aplicação de paclobutrazol, como testemunha. Foram avaliados parâmetros, como a altura, diâmetro médio, volume e área de projeção da copa e condutância estomática para caracterizar a resposta das plantas aos tratamentos empregados. Concluiu-se que a aplicação do paclobutrazol e a variação do potencial da água no solo não proporcionaram a indução do florescimento fora de época das tangerineiras, e que os níveis de paclobutrazol influenciaram no desenvolvimento das plantas.

Resumo (inglês)

The aim of this research was to study the flowering out of season in no induction conditions and the vegetative development of 'Ponkan' mandarin by irrigation and paclobutrazol application. The experiment was carried out at the Faculty of Agricultural Sciences - UNESP/Botucatu, State of São Paulo. The treatments followed a randomized blocks experimental design, being distributed in split-splots, and two replications. Each experimental unit was represented per 16 plants, being 8 destined for the evaluations. The treatments consisted of two soil water potential, -0,03 e -0,05 MPa that constituted the main experimental unit and the paclobutrazol levels that represented the sub units. In the second year of the experiment the units were maintained and it was applied the paclobutrazol: 0; 500; 1000 e 2000 mg L-1, by foliar application, in the plants of the sub units. Both treatments was compared with the treatments without irrigation (control plants: -0,07MPa) and whitout paclobutrazol application plants. It was evaluated the following parameters: height, scion diameter medium, scion projection area, scion volume and stomatic condutance showing the plant's response to treatments. It was concluded that the paclobutrazol application and the irrigation did not influence the plant's flowering out of season and that the paclobutrazol levels influenced the growth of 'Ponkan' mandarin plants.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Brasileira de Fruticultura. Sociedade Brasileira de Fruticultura, v. 26, n. 1, p. 8-12, 2004.

Itens relacionados

Financiadores