Rentabilidade na semeadura cruzada da cultura da soja

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-03-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Univ Federal Campina Grande

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

Soybean cross-seeding tillage came from better spatial arrangement of plants per area, so some producers have opted for this tillage system, which consists in seeding the area in two steps, forming a chessboard with perpendicular lines of tillage. This study aims to analyse the soybean productivity and production costs when it planted in different dispositions of crossed tillage. The experiment was conducted during the harvests 2011/2012 and 2012/2013 at Lageado Farm of the FCA/UNESP, Botucatu-SP, in an area cultivated under no-tillage. The experimental design was in randomized block with five treatments and eight replications. The treatments were: seeding in parallel rows with recommended fertilization and recommended plant population (conventional); cross-seeding with doubled fertilization and doubled plant population; cross-seeding with recommended plant population and doubled fertilization; cross-seeding with doubled plant population and recommended fertilization; cross-seeding with fertilization and recommended plant population. The results showed statistical difference among the treatments, with increased productivity for the cross-seeding with doubled plant population and recommended fertilization. However the conventional tillage with parallel lines shows higher net earnings than soybean cross-seeding, being more profitable for producer.

Resumo (português)

O plantio cruzado da soja consiste em semear a área em duas passadas de modo que a segunda fique perpendicular à primeira, formando um tabuleiro de xadrez. Desta forma, o objetivo do trabalho foi avaliar a produtividade e os custos de produção da cultura da soja quando semeada em diferentes arranjos de semeadura cruzada. O experimento foi realizado nas safras 2011/2012 e 2012/2013, em área cultivada em sistema de plantio direto. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com 5 tratamentos e 8 repetições. Os tratamentos foram: semeadura em linhas paralelas com adubação e população de plantas recomendada; semeadura cruzada com população e adubo em dobro; semeadura cruzada com população recomendada e adubo em dobro; semeadura cruzada com população em dobro e adubação recomendada; semeadura cruzada com população de plantas e adubo recomendado. Os resultados mostraram maior produtividade para o tratamento de semeadura cruzada com população de plantas em dobro e adubo recomendado; apesar disto, a semeadura convencional em linhas paralelas apresenta maior receita líquida do que a semeadura cruzada da soja sendo, então, mais rentável para o produtor.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Brasileira De Engenharia Agricola E Ambiental. Campina Grande Pb: Univ Federal Campina Grande, v. 19, n. 3, p. 293-297, 2015.

Itens relacionados

Financiadores