Uso de sistemas descentralizados comparados a sistemas centralizados para tratamento de esgotos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-01-13

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A desigualdade no acesso a saneamento básico no Brasil é uma realidade que perdura há vários anos. Diversas regiões rurais e periurbanas utilizam sistemas de tratamento descentralizado, como fossas sépticas e filtros anaeróbios, ou nem utilizam sistemas de tratamento. Nesse estudo foram apresentados os sistemas descentralizados utilizados no Brasil e no mundo, bem como se analisou as vantagens e desvantagens de utilização deles dependendo da situação. Dessa forma foi possível ter uma visão de que é necessário a combinação de sistemas centralizados e descentralizados, para se obter maior igualdade no acesso ao saneamento básico
The inequality in access to basic sanitation in Brazil is a reality that has lasted for several years. Several rural and periurban areas use decentralized treatment systems, such as septic tanks and anaerobic filters, or do not use treatment systems at all. In this study, the decentralized systems used in Brazil and in the world are presented, as well as the advantages and disadvantages of using them depending on the situation. In this way, it was possible to have a vision that the combination of centralized and decentralized systems is necessary, in order to obtain greater equality in access to basic sanitation.

Descrição

Palavras-chave

Saneamento, Tratamento, Abastecimento de água, Águas residuais, Esgotos

Como citar