Absorção e translocação de fósforo em dois cultivares de mamoneira (Ricinus communis L.), 'Campinas' e 'Guarani', com uso de 32p

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

1982-01-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Com o objetivo de estudar a absorção e translocação do fósforo na cultura da mamoneira, instalou-se um ensaio em vasos com os cultivares 'Campinas' e 'Guarani' e empregou-se o fósforo radioativo (32p) como traçador. Os quatro tratamentos constaram da aplicação ao solo de 65 ppm de P contendo 32p, quando as plantas apresentavam seis, nove, doze e quatorze folhas, respectivamente e cortadas com nove, doze e quatorze folhas e as do quarto tratamento após 21 días da aplicação do fertilizante marcado. Através dos dados obtidos, pode-se concluir que, neste solo com baixo teor de fósforo, a aplicação deste elemento, na época da emissão de ínflorescências primárias, não influi no desenvolvimento das inflorescências, uma vez que se formam as expensas de fósforo previamente acumulado no pecíolo e no limbo, e que para lá se desloca a fim de participar do metabolismo de formação e desenvolvimento. em outros termos, o fósforo, quando aplicado tardiamente, não incrementará a produção dos cachos primários e, consequentemente, não pode esperar que o potencial máximo do cultivar seja atingido, pois os cachos primários representam, no mínimo, 30% da produção total da mamoneira.

Resumo (inglês)

A pot experiment was carried out with treatments consisting of applications of solution of 65 ppm phosphorus labelled with 32p, when the plants had 6, 9, 12 and 14 leaves. These plants were harvested respectively when they had 9, 12 and 14 leaves and 21 days after last application. The phosphorus contents were determined in the different parts of the plants, such as lamine, petiole, stem and inflorescences and the absorption of this element was followed through the determination of radioactive phosphorus in these samples. According to the data the following conclusions can be drawn: - the application of phosphorus fertilizer has increased the phosphorus content, aided plant development, and stimulated the primary inflorescence emissions; - 32p showed that in soils, with low phosphorus content, the application of the phosphorus fertilizer at the emission of the primary inflorescence will not affect its development, since the inflorescence is formed at the expense of phosphorus previously accumulated in the petiole and in the lamine; - phosphorus applied later will not increase the yield of primary racemes which represent at least 30% of the total yield of castor bean.

Descrição

Palavras-chave

Idioma

Português

Como citar

Anais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura, v. 39, n. 1, p. 319-335, 1982.

Itens relacionados

Financiadores