Gênero e cuidados em saúde: Concepções de profissionais que atuam no contexto ambulatorial e hospitalar

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-08-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos (CLAM/IMS/UERJ)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

Abstract Studies have investigated gender relations in the field of health, in the use of services and health care from the point of view of users, especially in primary care. By means of content analysis of interviews, this study investigated conceptions of gender and their relationship to the practices of six nurses, and five physicians working in outpatient and hospital care. This paper discusses gender differences in healthcare, and health services for men and women. The professionals interviewed reported differences in the service provided, and in the attitudes of male and female patients in health services, attributed to biological and social differences. In conclusion, gender issues are present in the practice of health professionals, and they must be considered in their training.

Resumo (espanhol)

Resumen: Los estudios han investigado las relaciones de género en el campo de la salud cuanto el uso de los servicios por los usuarios en la atención primaria. A través de entrevistas y análisis de contenido, se investigó las concepciones de género y su relación con la práctica de seis profesionales de la Enfermería y cinco de la Medicina que trabajan en la atención ambulatoria y hospitalaria, discutiendo las diferencias en atención de la salud debido al género y los servicios de salud para hombres y mujeres. Las características de género fueron determinadas por los factores biológicos y sociales. Informan las diferencias en la asistencia y en las actitudes de pacientes varones y mujeres en los servicios de salud. Las cuestiones de género están presentes en el trabajo de los profesionales de la salud y se deben existir en su capacitación.

Resumo (português)

Resumo Diversos estudos têm investigado as relações de gênero no campo de saúde quanto ao uso de serviços e aos cuidados sob o ponto de vista de usuários, principalmente na atenção básica. Esta pesquisa investigou, por meio da análise de conteúdo de entrevistas, as concepções sobre gênero e suas relações com a prática de seis profissionais da Enfermagem e cinco da Medicina que atuam na atenção ambulatorial e hospitalar. Discutem-se diferenças nos cuidados com a saúde em função do gênero e o atendimento prestado em relação ao gênero. Os profissionais relatam diferenças no atendimento e nas atitudes de pacientes homens e mulheres nos serviços de saúde; que eles atribuem a fatores biológicos e sociais. Conclui-se que questões de gênero estão presentes na atuação dos profissionais de saúde e devem ser consideradas na sua formação.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Sexualidad, Salud y Sociedad (Rio de Janeiro). Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos (CLAM/IMS/UERJ), n. 23, p. 97-117, 2016.

Itens relacionados

Financiadores