Avaliação das práticas de governança corporativa: estudo de caso em uma cooperativa brasileira.

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2022-12-16

Orientador

Galli, Lesley Carina do Lago Attadia

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Administração - FCAV

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (português)

Atualmente, as cooperativas têm desempenhado uma participação relevante na sociedade, contribuindo significativamente para a política e desenvolvimento local. Em comparação com os bancos comerciais e outras empresas, as cooperativas têm apresentado maiores possibilidades de atender as comunidades afastadas dos grandes centros, contribuindo significativamente para a redução da pobreza, geração de empregos, bem como promover a inclusão social. Há alguns estudos na área de cooperativismo e governança corporativa direcionados às cooperativas, que estão pautados nos quatro pilares de boas práticas de governança corporativa: direção, gestão e fiscalização, representatividade e participação. Posteriormente, esses pilares foram adequados em três dimensões: Representatividade e Participação; Estrutura, Conselho de Administração e Gestão; e Fiscalização. Este trabalho tem como objetivo avaliar as práticas de governança corporativa em uma cooperativa brasileira. Para tanto foi realizado um estudo de caso, de caráter descritivo e abordagem quali-quantitativa. Os seguintes procedimentos de coleta de dados foram adotados: entrevista semiestruturada e análise documental. Os dados foram analisados utilizando-se as técnicas de análise de conteúdo e estatística descritiva. Como resultado, foi elaborado um método para avaliação do nível governança corporativa das cooperativas, possibilitando a autoavaliação e a comparação entre as organizações dessa natureza.

Resumo (inglês)

Currently, cooperatives have played a relevant role in society, contributing significantly to local politics and development. Compared to commercial banks and entreprises, cooperatives have presented greater possibilities of serving communities far from large centers, contributing significantly to poverty reduction, job creation, as well as promoting social inclusion. There are some studies in the field of cooperativism and corporate governance directed to cooperatives, which are based on the four pillars of good corporate governance practices: direction, management and supervision, representativeness, and participation. Subsequently, these pillars were adapted into three dimensions: Representativeness and Participation; Structure, Board of Directors and Management; and Supervision. This paper aims to evaluate corporate governance practices in a Brazilian cooperative. To this end, a descriptive case study with a quali-quantitative approach was carried out. The following data collection procedures were adopted: semi-structured interview and document analysis. The data were analyzed using the techniques of content analysis and descriptive statistics. As a result, a method for assessing the level of corporate governance of cooperatives was developed, enabling self-assessment and comparison among organizations of this nature.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados