Photo-Fenton process for treating biological laboratory wastewater containing formaldehyde

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-01-01

Autores

Fonseca, Janaína Conrado L. [UNESP]
Nogueira, Raquel Fernandes Pupo [UNESP]
Marchi, Mary Rosa Rodrigues de [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Editora Unesp

Resumo

Laboratórios e centros de pesquisa consomem uma grande variedade de substâncias químicas perigosas e, consequentemente, geram resíduos contendo-as, como por exemplo: resíduo de formaldeído. O formol é bastante empregado na conservação de peças anatômicas, gerando muitos litros desse resíduo por ano. O presente trabalho sugere o uso do processo foto-Fenton com irradiação solar para tratar resíduo contendo formaldeído. Alguns aspectos foram estudados como a concentração da fonte de ferro, da amostra e do peróxido de hidrogênio, além da aplicação de agitação magnética. O uso de ferrioxilato (0,5 mol L-1) mostrou ser mais eficiente na degradação da matéria orgânica quando comparado ao nitrato férrico. Já a concentração de peróxido necessária para tratar 500 mg C L-1 foi de 1 mol L-1. Sob essas condições todo formaldeído detectável foi degradado e foi possível remover 89% da matéria orgânica dissolvida na amostra em duas horas. Tais resultados são considerados satisfatórios para descartar na rede de esgoto, segundo a agência paulista de controle ambiental.
Laboratories consume great amounts of hazardous chemicals substances and consequently generate wastewater containing them, for example formaldehyde. This substance is widely utilized to preserve biological samples generating many liters of this residue every year. The present work proposes the use of the photo-Fenton process to treat formaldehyde wastewater using sunlight irradiation. Some aspects were investigated such as the iron source, sample and hydrogen peroxide concentration and also the use of stirred systems. The use of ferrioxalate (0.5 mmol L-1) improved the efficiency of the process in relation to the use of iron nitrate, while at least 1.0 mol L-1 H2O2 is necessary to treat the sample of the 500 mg C L-1. Under these conditions, every formaldehyde detectable was degradeted and 89% of the dissolved organic carbon was removed in two hours of exposure to sunlight. These results are satisfaction considerate for São Paulo State Environmental Agency.

Descrição

Palavras-chave

tratamento de resíduo de laboratório, formaldeído, foto-Fenton, laboratory wastewater treatment, formaldehyde, photo-Fenton

Como citar

Eclética Química. Fundação Editora da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, v. 35, n. 1, p. 25-33, 2010.