Pólipos endometriais e seu risco de malignização: aspectos epidemiológicos, clínicos e imunoistoquímicos

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2013

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

Endometrial polyps are neoformations that result from focal hyperplasia of the endometrial basal layer associated with hormonal hyperstimulation. Their pathogenesis is still unclear, and there is no consensus on their natural history, actual relevance as pathologic entities, and relationship with endometrial neoplasia. Endometrial polyps are the most frequent indication of surgical hysteroscopy, but their optimal management remains controversial. Therefore, an overview of this condition may help choosing the most adequate treatment strategies.

Resumo (português)

Pólipos endometriais são neoformações resultantes de uma hiperplasia focal da camada basal do endométrio associada a um hiperestímulo hormonal. Sua etiologia ainda não está bem estabelecida, não havendo consenso sobre sua história natural, seu real significado como entidade patológica e sua relação com a neoplasia endometrial. Os pólipos endometriais são a principal indicação de histeroscopia cirúrgica, sem que haja, no entanto, um protocolo definido para seu melhor manejo. Uma visão abrangente sobre essa condição pode auxiliar na escolha da conduta mais adequada.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Femina, v. 41, n. 1, p. 33-38, 2013.

Itens relacionados

Financiadores