Atividade amilolítica e qualidade fisiológica de sementes armazenadas de milho super doce tratadas com ácido giberélico

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2003-07-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes (ABRATES)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O uso de reguladores de crescimento na fase de germinação melhora o desempenho das plântulas, acelerando a velocidade de emergência e realçando o potencial das sementes de várias espécies, mesmo sob condições adversas. Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência do ácido giberélico na atividade amilolítica e no vigor de sementes armazenadas de milho super doce. O experimento foi conduzido nos Laboratórios de Análise de Sementes do Departamento de Produção Vegetal/FCA e no Laboratório de Bioquímica de Plantas do Departamento de Química e Bioquímica/IB da Universidade Estadual Paulista (UNESP/Botucatu), entre os meses de julho e setembro de 2001, onde foram feitas as avaliações da qualidade fisiológica, através dos testes de germinação, vigor e bioquímicos. Sementes de milho super doce da cultivar DO-04, foram acondicionadas em sacos de papel e armazenadas por oito meses em câmara seca (40% UR). Após este período, foram colocadas para germinar em rolos de papel toalha, embebidos com GA3 nas concentrações zero; 50; 100; 150 e 200mg.L-1. Foram avaliadas a germinação, vigor e atividade amilolítica das sementes. As sementes submetidas à pré-embebição em solução de 50mg.L-1 de ácido giberélico, apresentaram maior germinação e vigor, menor teor de proteínas totais e maior atividade amilolítica.

Resumo (inglês)

The plant growth regulators use in seed germination improve the seedling field performance and accelerate the emergence speed and enhance seed potential in various species, even under stressing conditions. The objective of this study was to evaluate the effect of gibberellic acid on stored sweet corn seed vigor and amylolitic activity. The experiment was carried out at the Seed Analysis Laboratory of the Plant Production Department and at the Plant Biochemistry Laboratory of the Chemistry and Biochemistry Department, at the Universidade Estadual Paulista (UNESP/Botucatu), from July to September/2001, when evaluations of seed physiological quality were obtained by germination, vigor and biochemical tests. Super sweet corn seeds cultivar DO-04 were placed in paper bags and stored for eight months in a dry chamber (40% RU). After that, the seed were germinated on paper towels imbibed in zero; 50; 100; 150 e 200mg.L-1GA3 solutions. The seed germination, vigor and amylolitic activity were evaluated. Seeds pre-imbibed in GA3 50mg.L-1 solutions showed improved germination and vigor, as well as lower protein content and higher amylase activity.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Brasileira de Sementes. Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes, v. 25, n. 1, p. 43-48, 2003.

Itens relacionados

Financiadores