Duração do teste de germinação do capim-tanzânia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-01-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes (ABRATES)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O trabalho foi realizado com o objetivo de determinar o tempo necessário para a condução do teste de germinação de Panicum maximum cv. Tanzânia. Trinta lotes de sementes foram avaliados pelo teste de germinação e para a identificação da data de término do teste foram realizadas contagens diárias do número de plântulas normais. No teste de germinação foram utilizados tratamentos de superação de dormência (KNO3 (0,2%), H2SO4 (98% 36N)), temperaturas alternadas (20-30 ºC e 15-35 ºC) e foi ajustada uma curva de crescimento para a avaliação da germinação. Foi possível concluir que o teste de germinação do capim-tanzânia conduzido na alternância de temperatura de 15-35 ºC com fotoperíodo de 16 h-8 h (78 μmol s-1 m-2/8 h) em substrato umedecido com KNO3 é o mais indicado por permitir máxima porcentagem de germinação (89%) em menor tempo (quatro dias). Na alternância de temperatura de 20-30 ºC as taxas de germinação atingem valores de 81% a 83% no período de cinco a seis dias e o tratamento com H2SO4 prejudica a taxa de germinação, independente da temperatura utilizada.

Resumo (inglês)

The objective of this study was to determine the time needed to conduct the germination test for Panicum maximum cv. Tanzania. Thirty seed lots were evaluated for germination and to identify the completion date of the test, daily counts of the number of normal seedlings were made. In the germination test, treatments for breaking dormancy (KNO3 (0.2%), H2SO4 (98% 36N)), and alternating temperatures (20-30 °C and 15-35 °C) were used and a growth curve for germination evaluation was adjusted accordingly. It was concluded that the germination test of Tanzania grass at alternating temperature of 15-35 °C with a photoperiod of 16 h-8 h (78μmol s-1 m-2/8 h), in a substrate containing KNO3, is the most suitable for obtaining the maximum percentage germination (89%) in the shortest time (four days). At the alternating temperature of 20-30 ºC, germination rates reached 81% to 83% in five to six days. Treatment with H2SO4 adversely affected the germination rate regardless of the temperature.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Brasileira de Sementes. Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes, v. 32, n. 4, p. 80-87, 2010.

Itens relacionados