Avaliação multiregional do modelo 3-GP e simulação de produtividade de eucalipto para o estado de Rondônia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-12-13

Orientador

Stape, José Luiz
Alvares, Clayton Alcarde
Guerrini, Iraê Amaral

Coorientador

Pós-graduação

Ciência Florestal - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O Brasil é um dos líderes mundiais na produção de celulose, papel e painéis de madeira. Este sucesso se deve a diversos fatores, tais como: às condições edafoclimáticas favoráveis ao desenvolvimento de espécies de alto rendimento; aos investimentos nos setores de pesquisa e inovação; ao estabelecimento de parcerias entre empresas e instituições de pesquisa e ensino. Desde a chegada das primeiras árvores de eucalipto, no início do século XX, a produtividade da espécie e a quantidade de área plantada cresceram no país, por outro lado, a busca por melhorias deve ser constante. O uso de modelos baseados em processos tem sido direcionado à compreensão da influência de fatores edafoclimáticos em parâmetros da espécie. Desta forma, é possível simular ambientes em situações adversas e prever possíveis impactos das mudanças climáticas na produtividade da espécie, assim como selecionar áreas aptas à cultura, além de determinar fatores que limitam o crescimento. Os objetivos deste trabalho foram parametrizar e validar o modelo 3-PG para o clone de eucalipto de maior plasticidade fenotípica para diferentes regiões do Brasil; e estimar a produtividade deste mesmo clone para diferentes ciclos climáticos em uma região onde a setor de florestas plantadas ainda não está estabelecido, como o estado de Rondônia. A parametrização do modelo foi eficiente quanto a predição de produção de biomassa de lenho (R2 = 0,93), diâmetro a altura do peito (R2 = 0,94) e área basal (R2 = 0,93), o mesmo não aconteceu para a o índice de área foliar (R2 = 0,26). O modelo precisa ser melhorado com a inserção de um submodelo que seja sensível às alterações da qualidade ambiental. A sugestão é que exista uma maior fração de produtividade primária bruta convertida em produtividade primária líquida para sítios com melhores qualidades ambientais (menor déficit de pressão de vapor, por exemplo). A produtividade média atingível aos 7 anos de idade para o estado de Rondônia foi de 69 m3 ha-1 ano. A aplicação do modelo para um clone de alta adaptabilidade ambiental para o estado de Rondônia foi importante pois pode auxiliar os investidores a selecionar e dimensionar as áreas para produção.

Resumo (inglês)

Brazil is one of the world leaders in the production of pulp, paper and wood panels. This success is due to several factors, such as: the edaphoclimatic conditions favorable to the development of high yield species; the investments in research and innovation sectors; the establishment of partnerships between companies, research and education institutions. Since the arrival of the first Eucalyptus trees at the beginning of the 20th century, the productivity of the species and the amount of planted area have grown in the country, in addition, the search for improvement must be constant. Technologies related to remote sensing, genetic sequencing, genetically modified organisms, ecophysiology and modeling of forest systems enable the filling of previously unknown gaps. The use of process-based models has been directed at understanding the influence of edafoclimatic factors on species parameters. In this way, it is possible to simulate environments in adverse situations and predict possible impacts of climate change on the productivity of the species, as well as to select areas suitable for cultivation, and to determine factors that limit growth. The objectives of this study were to parameterize and validate the 3-PG model for the Eucalyptus clone of higher phenotypic plasticity for different regions of Brazil; and to estimate the productivity of this same clone for different climatic cycles in a region where the planted forest sector is not yet established, state of Rondônia. The model was efficient in predicting wood biomass production (R2 = 0.93), diameter and breast height (R2= 0.94) and basal area (R2= 0.93) , the same did not occur for the leaf area index (R2= 0.26). The model needs to be improved with the insertion of a sub-model that is sensitive to changes in environmental quality. The suggestion is that there is a larger fraction of gross primary productivity converted into net primary productivity for sites with better environmental qualities (less steam pressure deficit, for example). The average achievable productivity at 7 years of age for the state of Rondônia was 69 m3 ha-1 yr -1 . The application of the model for a high environmental adaptability clone for the state of Rondônia was important as it can help investors to select and size areas for acquisition.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados

Financiadores