Rendimentos e custos operacionais de dois modelos de carregadores florestais

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2012

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

The present work aimed to compare the operational performance and costs of two models of forest loaders. Two forest loaders were compared. One composed of a machine base branded Caterpillar model 312 BL, equipped with forest grapple with useful area capacity of 0.5 m². ("Loader 0.5") and the other forest loader composed by machine base branded Caterpillar model 320 CL, with forest grapple with useful area capacity of 1.0 m2 ("Loader 1.0"). The time study was carried out by the continuous time method and the operational performances were obtained through the determination of wood volume in loaded cubic meters for the transport vehicles. Two treatments were evaluated with 6 replicates for each treatment, corresponding to the total weight of wood loaded of 545.68 t. The medium operational performance of the loading varied from 72.53 t.h-1 to the "Loader 0.5" to 110.12 t.h-1 for the "Loader 1.0", with a difference of 37.58 t.h-1. The medium operational performance of loading of the six operators, for both loaders, varied from 70.86 to 113.72 t.h-1. With the "Loader 1.0" use there was an economy of R$ 0,35 per ton of eucalyptus wood loaded.

Resumo (português)

O presente trabalho teve por objetivo comparar os rendimentos e custos de carregamento de dois modelos de carregadores florestais. O estudo foi desenvolvido em uma floresta homogênea da espécie Eucalyptus grandis de primeiro corte, clonal, com oitenta meses de idade, destinada ao suprimento de fibra de madeira para atividades industriais da empresa onde foi realizado o estudo. Foi comparado o carregador florestal composto pela máquina base da marca Caterpillar modelo 312 BL, equipado com garra florestal para capacidade de área útil de 0,5 m2 (“Carregador 0,5”) e carregador florestal composto pela máquina base da marca Caterpillar modelo 320 CL, com garra florestal para capacidade de área útil de 1,0 m2 (“Carregador 1,0”). O estudo de tempos foi realizado pelo método de tempo contínuo e os rendimentos operacionais foram obtidos através do volume de madeira em metros cúbicos carregados para os veículos de transporte. Foram estudados 2 tratamentos com 6 repetições para cada tratamento, correspondendo ao peso total de madeira carregada de 545,68 t. O rendimento operacional médio do carregamento foi de 72,53 t.h-1 para o “Carregador 0,5” e para o “Carregador 1,0” foi de 110,12 t.h-1, apresentando uma diferença de 37,58 t.h-1. O rendimento operacional médio de carregamento dos seis operadores, para ambos os carregadores, variou de 70,86 a 113,72 t.h-1. Com a utilização do “Carregador 1,0” houve uma economia de R$ 0,35 por tonelada de madeira de eucalipto carregada.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Magistra, v. 24, n. 1, p. 63-69, 2012.

Itens relacionados