Épocas de poda da planta de mandioca para uso na alimentação animal

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-02-20

Orientador

Bicudo, Silvio José

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A mandioca, por ser concentradora de amido na raiz, fonte de energia, e proteína na parte aérea, tem sido usada na alimentação de animais domésticos. A prática da poda da parte aérea da mandioca é comum em lavouras destinadas à produção de raízes para a indústria, porém esta prática ainda é pouca estudada. Com objetivo de avaliar o potencial do uso da planta de mandioca, podada em diferentes épocas, na alimentação animal, por meio de análises bromatológicas, foi realizado entre os anos de 2008/2010, na UNESP-Botucatu, experimento, em blocos completos casualizados, envolvendo podas da parte aérea da variedade IAC-14. As plantas foram podadas mês a mês, do sétimo ao décimo quinto mês após o plantio (MAP) e uma testemunha sem poda. As análises bromatológicas foram efetuadas no momento da colheita, ou seja, 22 MAP. Foram analisadas a produção, produtividade em massa seca e fresca da raiz e parte aérea, o conteúdo e produtividade de proteína bruta (PB) e as porcentagens de fibra bruta (FB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), nutrientes digestíveis totais (NDT), extrato livre de nitrogênio (ELN) e açúcares totais da parte aérea e da raiz, além do conteúdo e produtividade do amido de raiz. Foi calculado, a partir de equações matemáticas, valores de energia metabolizável para aves e coelhos e digestível para ruminantes, tanto da parte aérea quanto da raiz. Não foi observada diferença na produtividade de matéria fresca de raiz entre os tratamentos estudados. Podas realizadas anteriormente ao período de repouso fisiológico causaram nas raízes: menores porcentagens de amido e a mesma produtividade. Em relação à parte aérea, tecidos mais jovens, ou seja, plantas podadas tardiamente tiveram menores porcentagens de PB e FB. Com relação à...

Resumo (inglês)

The cassava, to be concentrating starch on the root, source of energy and protein in the shoot, has been used in feed for livestock. The practice of pruning is common in cassava crops for the production of roots for the industry, but this practice is still little studied. In order to evaluate the potential use of the cassava plant, pruned at different times, in animal feed, through chemical analysis was performed between the years 2008/2010, at UNESP-Botucatu, research, in a randomized block design, pruning of shoots involving the IAC-14. The plants were pruned every month, on the seventh of the fifteenth month after planting (MAP) and a control without pruning. The chemical analyzes were performed at harvest, 22 MAP. Were analyzed the production, productivity in fresh and dry matter of roots and shoots, content and productivity of crude protein (CP), crude fiber (CF), neutral detergent fiber (NDF), acid detergent fiber (ADF), total digestible nutrients (TDN), nitrogen free extract (ELN) and total sugars of shoot and root, and the root starch. Were calculated from mathematical equations, metabolizable energy values for poultry and rabbits and digestible for ruminants, such as roots as aeral part. We analyzed the production, productivity in fresh and dry matter of roots and shoots, content and productivity of crude protein (CP) and the percentages of crude fiber (CF), neutral detergent fiber (NDF), acid detergent fiber (ADF), total digestible nutrients (TDN), nitrogen free extract (NFE) and total sugars of shoot and root, beyond the content and productivity of root starch. Were calculated, from mathematical equations, the metabolizable energy values for poultry and rabbits and digestible for ruminants of the shoot and root. There was no difference in the productivity of fresh root among treatments. Pruning before the rest period... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

CURCELLI, Felipe. Épocas de poda da planta de mandioca para uso na alimentação animal. 2013. vii, 62 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2013.

Itens relacionados

Financiadores