Estabelecimento da correspondência entre imagens aéreas e terrestres

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2017-09-18

Orientador

Tommaselli, Antonio Maria Garcia

Coorientador

Pós-graduação

Ciências Cartográficas - FCT

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A integração de plataformas aéreas e terrestres representa uma solução promissora para diversas aplicações de mapeamento, como projetos rodoviários e ferroviários. Estes sistemas possuem características complementares que permitem a visualização de um objeto na superfície a partir de diferentes perspectivas, além de, quando combinados, minimizarem limitações presentes na utilização individual dos mesmos, como o alcance da região imageada (caso terrestre) e o nível de detalhe dos dados adquiridos (caso aéreo). O problema ao integrar estes sistemas está no estabelecimento de correspondência entre as imagens. A aquisição a partir de diferentes perspectivas gera imagens com geometrias muito diferentes, dificultando o processo de correspondência, de modo que os métodos existentes não consigam solucionar o problema de maneira satisfatória. Com esta motivação, o presente trabalho propõe uma metodologia para o estabelecimento de correspondência entre imagens aéreas e terrestres, baseada na alteração prévia da geometria destas imagens, sendo necessário o conhecimento da orientação das mesmas e de um Modelo Digital do Terreno (MDT). A metodologia parte de pontos bem definidos, identificados na imagem aérea, que são projetados para o terreno e então para a imagem terrestre, definindo origens para os recortes que serão projetados e, posteriormente, submetidos à busca por correspondência. O trabalho apresenta uma revisão do estado da arte no que diz respeito a soluções para o problema de correspondência entre imagens aéreas e terrestres, bem como verifica o desempenho de métodos já existentes na solução do problema. Os experimentos foram baseados em imagens reais adquiridas sobre rodovias. Os resultados obtidos validam a metodologia proposta, mostrando que, ainda que existam limitações, é possível o estabelecimento de correspondência entre imagens aéreas e terrestres, e que este pode ser realizado tanto por métodos baseados em características como por métodos baseados em área.

Resumo (inglês)

The integration of aerial and terrestrial platforms represents a promising solution for several mapping applications. These systems have complementary features that allow the visualization of an object on the surface from several perspectives, and, when combined, minimize existing limitations in each individual system, such as the range of the imaged region (terrestrial case) and the level of detail of the acquired data (aerial case). When integrating these systems, the main problem that arises is related to the establishment of corresponding images. The acquisition from different perspectives generates images with very different geometries, hampering the matching process, so that the existing methods cannot solve the problem satisfactorily. With this motivation, the present work proposes a methodology for the establishment of correspondences between aerial and terrestrial images, based on the previous alteration of the geometry of these images, being necessary the knowledge of their orientation and of a Digital Terrain Model (DTM). The methodology starts with well-defined points, identified in the aerial image, that are projected to the terrain and then to the terrestrial image, defining origins for the cutouts that will be projected and later submitted to the correspondence search. The work presents a review of the state of the art regarding solutions of the correspondence between aerial and terrestrial images problem, as well as verifies the performance of existing methods in the solution of the problem. The experiments were based on actual images acquires on highways. The results obtained validate the proposed methodology, showing that, although there are limitation, it is possible to establish correspondence between aerial and terrestrial images, and that this can be done either by feature based methods or by area based methods.

Descrição

Idioma

Português

Como citar