Análise energética e econômica da produção de leitões na região oeste do Paraná

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-02-10

Orientador

Perosa, José Matheus Yalenti
Bueno, Osmar de Carvalho

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O estágio de desenvolvimento atual da agricultura permitiu que se alcançassem altos índices de produtividade das lavouras, criações e produção de insumos, e complexos agroindustriais mais eficientes, disponibilizando bens e serviços em grande escala ao consumidor final. Neste contexto e frente ao futuro incerto e de escassez das fontes não renováveis de energia, principalmente as derivadas de combustíveis fósseis não renováveis, coloca-se como tarefa aos agentes dos complexos agroindustriais desenvolver fontes de energia renováveis alternativas. Nesse contexto, o Brasil destaca-se na produção de plantas e animais como principais fontes de energias renováveis e tornou-se um dos precursores nas pesquisas que conseguiram gerar novas fontes de energias. Nesse contexto, a suinocultura também tem contribuído na produção de fontes de energia renovável, com a transformação de dejetos de suínos em fertilizantes e biogás. Sendo assim, os agentes produtivos da suinocultura buscam opções para amenizar os impactos ambientais da atividade e torná-la mais sustentável ambientalmente. O presente trabalho teve por objetivo analisar indicadores de eficiências energética e econômica da produção de leitões, na fase de creche, da região Oeste do Paraná. Mais especificamente, procurou-se determinar possíveis diferenças na eficiência energética e econômica de produtores que fabricaram rações nas suas propriedades e produtores que compraram rações da Cooperativa. O processo de determinação da amostra dos suinocultores foi por acessibilidade e não probabilística. Para simulações diferenças de eficiência econômica entre os grupos de produtores cooperados, utilizou-se o programa Minitabi, do Software estatística e dados digitados em planilhas do aplicativo Microsoft versão 2007. Os sistemas de produção...

Resumo (inglês)

The current stage of development of agriculture made it possible to reach high productivity of crops, livestock and production inputs, agro-industrial complex and more efficient, providing goods and services on a large scale to the final consumer. In this context, and facing the uncertain future and lack of non-renewable sources of energy, especially those derived from non-renewable fossil fuels, there is the task of the agents of the agroindustrial complex to develop renewable energy alternatives. In this context, Brazil stands out in the production of plants and animals as main sources of renewable energy and became one of the pioneers in research that could generate new sources of energy. In this context, the pork industry has also contributed in the production of renewable energy sources, with the processing of pig manure into fertilizer and biogas. Therefore, the swine production agents seek options to mitigate the environmental impacts of the activity and make it more environmentally sustainable. This study aimed to analyze indicators of energy and economic efficiencies of production of piglets in nursery phase, the western Paraná. More specifically, we sought to determine possible differences in energy efficiency and cost-effective producers who feed manufactured in their properties and feed producers who bought the Cooperative. The process of determining the sample of pig farmers was due to accessibility and nonprobabilistic. For simulations of economic efficiency differences between the groups of cooperative producers... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

PAULA, Germano de. Análise energética e econômica da produção de leitões na região oeste do Paraná. 2012. xvii, 92 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, 2012.

Itens relacionados