Influência do hormônio tireoidiano sobre o perfil nutricional, metabólico e hormonal de ratos com obesidade crônica por dieta ocidental

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-02-27

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Os hormônios tireoidianos (HTs) são fundamentais para o crescimento e desenvolvimento de vários órgãos e tecido. A fonte de HTs é a glândula tireoide, que faz parte do eixo hipotálamo-hipófise-tireoide e produz, principalmente, triiodotironina (T3) e tiroxina (T4). A disfunção tireoidiana é frequentemente associada com mudanças no apetite e peso corporal, que levam a alterações em parâmetros metabólicos, desempenhando papel importante na regulação do metabolismo e do tecido adiposo. A relação entre obesidade e distúrbios na tireoide vem sendo muito estudada, porem ainda não é bem estabelecida. A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece a obesidade como um importante problema de saúde pública, que afeta crianças, adolescentes e adultos. Com embasamento na literatura, a partir dos modelos estudados pelo nosso grupo e a fim de ampliar as pesquisas nesta área, o objetivo do nosso estudo foi avaliar a influência do hormônio tireoidiano sobre o perfil nutricional, metabólico e hormonal de ratos obesos. Foram utilizados Ratos Wistar machos, com 60 dias, foram distribuídos em dois grupos: controle (C; n=24) e obeso (OB; n=24). Os ratos C receberam ração padrão e os OB ração ocidental. Posteriormente, na 43º semana após o início das dietas os animais de ambos os grupos foram realocados em 2 novos grupos para início do tratamento hormonal, formando neste momento 4 grupos experimentais (C; n=12, CT; n=12, OB; n=12, OBT; n=12). A gordura corporal total foi realizada pela somatória dos depósitos epididimal, retroperitoneal, visceral e a obesidade definida pelo índice de adiposidade. Os perfis nutricionais, metabólico e hormonal foram avaliados nestes animais. O perfil nutricional, lipídico e hormonal não sofreu alterações com o tratamento. Porem o T3 em doses fisiológicas melhora o perfil glicêmico dos animais obesos por dieta ocidental.
Thyroid hormones (HTs) are key to the growth and development of various organs and tissue. The source of HTs is the thyroid gland, which is part of the hypothalamicpituitary-thyroid axis and produces, mainly, triiodothyronine (T3) and thyroxine (T4). Thyroid dysfunction is often associated with changes in appetite and body weight, leading to changes in metabolic parameters, playing an important role in the regulation of metabolism and adipose tissue. The relationship between obesity and thyroid disorders has been much studied but is still not well established. The World Health Organization (WHO) recognizes obesity as an important public health problem that affects children, adolescents, and adults. The objective of our study was to evaluate the influence of thyroid hormone on the nutritional, metabolic and hormonal profile of obese rats, based on the models studied by our group and in order to broaden the research in this area. Male Wistar rats, 60 days old, were used in two groups: control (C; n = 24) and obese (OB; n = 24). C rats received standard ration and Western rations. Later, at the 43rd week after the beginning of the diets, the animals of both groups were relocated into 2 new groups to start the hormonal treatment, forming at this moment 4 experimental groups (C; n = 12, CT; n = 12, OB; n = 12, OBT; n = 12). The total body fat was performed by the sum of the epididymal, retroperitoneal, visceral deposits and the obesity defined by the adiposity index. The nutritional, metabolic and hormonal profiles were evaluated in these animals. The nutritional, lipid and hormonal profile did not change with treatment. However, T3 at physiological doses improves the glycemic profile of obese animals by western diet.

Descrição

Palavras-chave

hormônios tireoidianos, obesidade, perfil glicêmico, thyroid hormones, obesity, glycemic profile

Como citar