Seleção de isolados de Bacillus thuringiensis Berliner em lagartas de Putella xylostella (L.) (Lepdoptera: Plutellidae)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-02-22

Orientador

Bortoli, Sérgio Antonio de
Lemos, Manoel Victor Franco

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Entomologia Agrícola) - FCAV

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A pesquisa foi desenvolvida no Laboratório de Biologia e Criação de Insetos (LBCI) e no Laboratório de Genética de Bactérias e Biotecnologia Aplicada (LGBBA) da FCAV-UNESP,Campus de Jaboticabal, SP. O objetivo geral foi selecionar novos isolados de Bacillus thuringiensis através da caracterização molecular, identificando as diferentes subclasses do gene cry1, determinar a patogenicidade contra lagartas de Plutella xylostella e avaliar a influência no ciclo biológico da praga. Foram utilizados 95 isolados de B. thuringiensis obtidos da coleção do LGBBA. O material genético foi extraído pela matriz de troca iônica Kit Instagene Matrix e submetido a PCR com iniciadores gerais para o gene cry1 e específicos para as subclasses. Realizaram-se bioensaios com 58 isolados, um controle positivo com a linhagem padrão HD-1 B. thuringiensis var. kurstaki, um controle negativo com B. thuringiensis var. tenebrionis e água com espalhante adesivo, como testemunha. O conteúdo das subclasses estudadas para o gene cry1 foi determinado para 58 isolados, o que representa 60% do total. Dentre os 95 isolados estudados, 27,4% demonstraram que o conjunto gênico cry1Aa, cry1Ca, cry1Da, cry1Fa e cry1Bd é a freqüência mais comum. Dos 58 isolados testados, 11 causaram mortalidade total das lagartas e os demais influenciaram negativamente o ciclo biológico da praga. Dentre as características avaliadas, a mortalidade larval e a pupal, bem como a duração larval foram as mais relevantes para se determinar quais isolados influenciaram a biologia da praga. Portanto, os isolados que causaram 100% de mortalidade larval têm grande potencial para formulação de produtos comerciais a serem utilizados em programas de manejo integrado de P. xylostella.

Resumo (inglês)

The research was developed in the Laboratório de Biologia e Criação de Insetos (LBCI) and in the Laboratório de Genética de Bactérias e Biotecnologia Aplicada (LGBBA) at the FCAV-UNESP-Campus de Jaboticabal, SP. The general objective was to select new strains of Bacillus thuringiensis through the molecular characterization, identifying the different subclasses of the gene cry1, to determine the patogenicity against caterpillars of Plutella xylostella and to evaluate the influence in the pest biological parameters. It was used 95 isolated of B. thuringiensis obtained of the collection of LGBBA. The genetic material was extracted by the head office of change ionic Kit Instagene Matrix and submitted to PCR with general initiators for the gene cry1 and specific for the subclasses. Bioassays were made using 58 strains of B. thuringiensis, a positive control with var. tenebrionis and water was used with adhesive spreader Tween20®, as a standard the strains HD1 from B. thuringiensis var. kurstaki, a negative control with B. thuringiensis check. The content of the subclasses studied for the gene cry1 was determined for 58 isolated, what represents 60% of the total. Among the 95 isolated studied, 27,4% demonstrated that the genic group cry1Aa, cry1Ca, cry1Da, cry1Fa and cry1Bd is the most common frequency. Total mortality of caterpillars was observed in 11 of studied strains and the remainders affected negatively pest biological lifecycle. Larvae and pupae mortality, and larvae period were more relevants parameters to determine which isolates affect P. xylostella biology. In this way, the isolates caused 100 % larval mortality have higher potential for development a commercial bioinseticide to use in Plutella xylostella integrated pest management programs.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

VIANA, Cácia Leila Tigre Pereira. Seleção de isolados de Bacillus thuringiensis Berliner em lagartas de Putella xylostella (L.) (Lepdoptera: Plutellidae). 2007. iv, 90 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2007.

Itens relacionados