Melhoramento de sinais de voz baseado na identificação de padrões ruidosos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2017-03-03

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Este trabalho propõe contribuir com pesquisas em melhoramento de voz (MV) por meio do estudo de diversos tipos de algoritmos baseados em Fourier e wavelets, assim como o desenvolvimento de uma ferramenta para a identificação e classificação do ruído, culminando com uma nova metodologia. Denominada "Conjunto de Métodos de Melhoramento de Voz (CMMV)'', a metodologia consiste em utilizar um banco de dados com sentenças contaminadas com vários tipos de ruídos reais, ajustando, em modo off-line, vários métodos de MV para cada tipo de ruído. Os melhores métodos para cada tipo de ruído são selecionados para compor o conjunto de métodos. Durante a operação, em modo on-line, um classificador de ruído prediz o tipo de ruído presente no sinal em processamento e então o melhor método é escolhido dentro do CMMV construído. Seis tipos de ruídos foram utilizados durante as simulações e os métodos que obtiveram melhor desempenho frente a cada tipo foram indicados por meio de análise objetiva. Constatou-se que o desempenho desses métodos pode variar de acordo com o tipo do ruído de fundo, confirmando que o desenvolvimento de algoritmos que trabalham eficientemente em qualquer ambiente ruidoso, incorporando classificação de ruído, é uma tendência. O classificador de ruídos desenvolvido nesta pesquisa tem como base um sistema imunológico artificial e características extraídas por uma análise multiescala fornecida pela transformada wavelet complexa. Com uma acurácia média de 96,29% para os seis tipos de ruído considerados e tempo de resposta médio de 6,9 milissegundos, o classificador desenvolvido se mostrou viável para implementações e utilização em conjunto com outras tecnologias. Explorando algumas das possibilidades e benefícios do processamento baseado na classificação do ruído, a seguinte questão foi levantada: "seria possível realizar uma razoável estimação do ruído a partir do sinal de voz ruidoso por meio de regressão?”. Esta questão surgiu durante o desenvolvimento da pesquisa, pois o bom funcionamento de métodos de MV depende de uma boa estimação do perfil do ruído. As simulações mostram que este tipo de estimação de ruído pode gerar resultados satisfatórios com menor custo computacional. Por fim, comparado aos métodos clássicos, o CMMV mostrou-se tão ou mais eficiente quanto.

Descrição

Palavras-chave

Melhoramento de voz, Análise de métodos, Classificação de ruído, Transformada wavelet complexa, Identificação de padrões ruidosos, Speech enhancement, Noise classification, Complex wavelet transform

Como citar