Protese ocular individualizada em resina acrílica com esfera oca

Imagem de Miniatura

Data

1995-07-26

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The technique proposed aims at reducing the weight of individualized ample ocular prostheses using acrylic resins as well as simplifying laboratory procedure. For that, prefabricated hollow spheres made of plastic material, were inserted in the sclera. The average weights of the solid conventional sclera (5.30g) and those of the respective prefabricated plastic ones (3.91g) were compared. The weight reduction was significative with a confidence interval of 95% by the Student t test. ln addition, for illustration purpose, the technique was applied to patients in the ward of the Maxillofacial Prostheses Dicipline of the Dentistry School in the Campus of São José dos Campos - UNESP, having each patient received a solid prosthesis and a hollow prefabricated one made of plastic material. It has been concluded that the prostheses material spheres were inserted are lighter than the ones which received solid spheres; furthermore, thr technique is viable for ample anophtalmic cavities and requires few sessions
A técnica proposta visa conseguir uma diminuição de peso das próteses oculares individualizadas amplas de resina acrílica, com passos laboratoriais simplificados. Para isso utilizaram-se esferas ocas pré fabricadas de material plástico, que são incluídas dentro da esclera. Compararam-se os pesos médios de escleras maciças convencionais (5,30g) com os de escleras com esferas ocas pré-fabricadas de material plástico (3,91g), respectivamente. A redução de peso foi significante com intervalo de confiança de 95% pelo teste t de Student. Foi também executada a técnica, a título de ilustração, em pacientes do Ambulatório da Disciplina de Prótese Buco-Maxilo-Facial da Faculdade de Odontologia do Câmpus de São José dos Campos-Unesp, tendo cada paciente recebido uma prótese maciça e uma prótese com esfera oca pré-fabricada de material plástico. Concluiu-se que as próteses e as escleras que possuem no seu interior a esfera oca pré-fabricada de material plástico são mais leves que as escleras maciças e que a técnica é viável para cavidades anoftálmicas amplas e é praticada em poucas sessões

Descrição

Palavras-chave

Prótese maxilofacial, Olhos artificiais, Resinas acrílicas, Maxillofacial prosthesis

Como citar

OLIVEIRA, Simone Helena Gonçalves de. Protese ocular individualizada em resina acrílica com esfera oca. 1995. 63 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de São José dos Campos, 1995.