Tricomas foliares em tomateiro com teores contrastantes do aleloquímico 2-tridecanona

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2000-12-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Duas espécies de tomateiro, Lycopersicon esculentum Mill. (Linhagem TOM 556- padrão com baixo teor da metil cetona 2-tridecanona (2-TD) e Lycopersicon hirsutum Dunal var. glabratum Mill. (Linhagem PI 134417- padrão com elevado teor de 2-TD), foram analisadas em conjunto para identificação e quantificação de tricomas foliares. A parte experimental constou da identificação dos tricomas, baseado na presença ou ausência da cabeça secretora na extremidade apical dos tricomas, arranjo e número de células da cabeça, comprimento dos tricomas, e da quantificação do número de tricomas glandulares e não glandulares nos folíolos. O delineamento utilizado para o número de tricomas foi inteiramente casualizado e as médias comparadas pelo teste de Tukey, a 5%. A identificação e quantificação para as espécies foram: a) TOM 556: Tricomas não glandulares do tipo II + III + V (2590 cm-2 de área foliolar); glandular do tipo VI (16 cm-2); glandular do tipo VII (138 cm-2); b) PI 134417: não glandulares do tipo II + III + V (140 cm-2 de área foliolar); glandular do tipo I + IV (843 cm-2); glandular do tipo VI (83 cm-2); glandular do tipo VII (11 cm-2). As maiores concentrações da 2-TD nos folíolos, estão associadas às maiores densidades de tricomas glandulares presentes em ambas espécies.

Resumo (inglês)

Two tomato species, Lycopersicon esculentum Mill. (Line TOM 556), which contained low levels of the methyl ketone 2-tridecanone (2-TD) and Lycopersicon hirsutum Dunal var. glabratum Mill. (Line PI 134417), with high levels of 2-TD, were evaluated for identification and quantification of foliar trichomes. The experiment was carried out to identify the trichomes, based on their length and on the presence, form, cell number and cell arrangment of secretory heads, as well as to quantify glandular and non-glandular trichomes. The experimental design used for trichome number was totally randomized and the averages were compared by the Tukey test, 5%. The identification and quantification of trichomes for the two species were: a) TOM 556: Types II + III + V non-glandular trichomes (2590 cm-2 of foliar area); Type VI glandular trichome (16 cm2-); Type VII glandular trichome (138 cm-2); b) PI 134417: Types II + III + V non-glandular trichomes (140 cm-2); Type I + IV glandular trichomes (843 cm-2); Type VI glandular trichome (83 cm-2); Type VII glandular trichome (11 cm-2). High concentrations of 2-TD were associated with higher densities of glandular trichomes in both species.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Scientia Agricola. São Paulo - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, v. 57, n. 4, p. 813-816, 2000.

Itens relacionados

Financiadores