Espera educativa na odonto-Araraquara: atenção aos que demandam atendimento, pacientes, familiares e cuidadores

Resumo

Introdução: A promoção de saúde, acolhimento e conscientização são fatores indispensáveis durante o atendimento odontológico. Tanto o paciente quando familiares e cuidadores devem passar por uma educação preventiva de modo que a consulta odontológica não seja apenas uma solução para a condição bucal atual do paciente, mas também uma medida educativa que estimule o auto-cuidado e a preocupação destes com sua saúde oral. O projeto "Espera educativa na Odonto-Araraquara: atenção aos que demandam atendimento, pacientes, familiares e cuidadores" busca essa prevenção e educação em saúde nas salas de espera das clínicas de ensino, utilizando o tempo em que o paciente aguarda o atendimento para realizar uma interação entre os alunos participantes do projeto com os pacientes e acompanhantes. Objetivos: O objetivo do projeto é promover atenção e acolhimento aos pacientes durante o tempo que aguardam atendimento nas salas de espera das clínicas de ensino, além de uma interação com os alunos e aprendizado sobre prevenção e manutenção da saúde oral, seguindo o princípio de acolhimento ao usuário do Sistema Único de Saúde. Métodos: Serão realizadas palestras com o computador all in one Dell com temas apropriados para cada disciplina por cerca de 10 a 15 minutos seguindo o tema de orientação do tratamento e prevenção. Essas palestras serão ministradas antes da entrada dos pacientes nas clínicas, e serão complementadas com mesas clínicas, cartazes, demonstrações de equipamentos, distribuição de folders, instrumentos de higiene e orientações. O projeto também permite coleta de dados, satisfação do usuário, perfil e expectativas, impacto da saúde bucal na qualidade de vida, o que pode ser aplicado em melhorias no sistema de atendimento. Resultados: O mérito do projeto fundamenta-se em seu conjunto de atividades de caráter educativo, de motivação, lúdico e de provimento de capacidade de auto-cuidado, por meio de conhecimento científico, envolvendo docentes, discentes (bolsistas ou voluntários) e servidores técnicos-administrativos. As atividades desenvolvidas junto à comunidade alvo visam frear o desenvolvimento e doenças bucais e dar ao paciente conhecimento para o diagnóstico precoce de dores de origem dental, cefaléias, cárie e doença periodontal.

Descrição

Palavras-chave

Saúde, Educação, Prevenção, Acolhimento

Como citar

CONGRESSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA, 7., 2013, Águas de Lindólia. Anais... São Paulo: PROEX; UNESP, 2013, p. 09695